Voltar à página inicial

Twitter Facebook Youtube SoundCloud Instagram

Papiro sobre “esposa de Jesus” é falso

2, outubro, 2012

O jornal vaticano L’Osservatore Romano (LOR) assegurou que é falso o papiro do século IV apresentado dias atrás em uma conferência no qual se afirma que Jesus teria tido uma esposa.

O jornal afirma, num artigo com o título “De qualquer forma, uma falsificação”, que o papiro analisado pelo perito italiano em língua copta, Alberto Camplani, professor de história do cristianismo da Universidade Sapienza de Roma não é fidedigno.

Camplani assinala que “à diferença de outros papiros, este não foi descoberto em uma escavação, mas provém de um mercado de antiguidades, e requer a adoção de precauções, que excluam que este se trata de uma farsa”.

O papiro em questão foi apresentado pela investigadora do gnosticismo Karen L. King, da Universidade de Harvard, quem há anos tenta demonstrar uma tese feminista sobre um papel mais relevante das mulheres nas origens do cristianismo, afirmando que os Apóstolos eram 11 homens e Maria Madalena.

Esta tese ela expôs em um livro intitulado “As imagens femininas nos Evangelhos”, tese que foi descartada por um prestigioso papirólogo alemão que, ao receber o manuscrito do texto, assinalou que “não tenho o mínimo interesse neste texto por sua falta de seriedade”.

Sobre o papiro do século IV, que circulou nos meios de comunicação com o questionamento do celibato de Jesus, o perito Camplani recorda ainda que a própria King não acredita que ele seja uma prova de que Jesus esteve casado.

Por sua parte, Giovanni Maria Vian ressaltou que Karen L. King preparou toda uma estratégia para anunciar seu descobrimento “sem deixar nada ao azar: meios americanos foram advertidos e houve uma roda de imprensa prévia com King para preparar a exclusiva mundial, um descobrimento que, entretanto, foi posto em dúvida pelos especialistas”.

Vian ademais indica que uma série de razões consistentes fazem pensar que o papiro é uma “torpe falsificação, como tantas que chegam do Oriente Médio”.

“Fica uma imagem, absolutamente implausível, de uma leitura do fenômeno gnóstico, tendenciosa e infestada de uma ideologia contemporânea que não tem nada a ver com os fatos históricos do cristianismo  nem com Jesus. Em resumo, trata-se, em todo caso, de uma falsificação”, conclui Vian.

Fonte: ACI Digital

 

Você também gostará der ler...

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • “Amar a Deus de todo o Coração”. Veja aqui como fazer esse nobre ato. Leia Mais +
  • Desde quando a Bíblia pede para rezar pelos fiéis defuntos? Descubra. Leia Mais +
  • NOVIDADE! Está no ar o nosso novo site. Veja aqui as novidades que foram pensadas em você. Leia Mais +
  • Mensagem em Áudio! Hoje é o dia de São João reze agora mesmo essa piedosa e importante oração fonte de muitas graças. Leia Mais +
  • Dia de São João Batista! Leia essa meditação e descubra algo incrível que nunca contaram a você. (Parte II) Leia Mais +
  • DEPRESSÃO: O MAL DO SÉCULO. É possível combatê-la e curá-la por meio da oração? A resposta é surpreendente. Leia Mais +
  • Dia de São João Batista! Leia essa meditação e descubra algo incrível que nunca contaram a você. (Parte I) Leia Mais +
  • Graças a ajuda de amigos e colaboradores, nosso Apostolado distribuiu mais de 100 mil artigos religiosos para famílias necessitadas de fé Leia Mais +
  • Rezar pelos filhos é algo essencial. Veja essa oração eficaz pela proteção dos filhos. Leia Mais +
  • Aviso: Um domingo sem Missa é…! Veja o que diz São João Maria Vianney sobre isso. Leia Mais +

Clique aqui para escrever os seus pedidos e agradecimentos a Santo Expedito

Seu nome e seus pedidos na
Missa do Sagrado Coração
de Jesus?

Ligue 0800 774 7557
(5083 3003 para São Paulo)

Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade