Voltar à página inicial

Facebook Youtube SoundCloud Instagram

Hoje é dia de Santa Margarida Maria Alacoque, a vidente escolhida por Deus para receber as promessas do Sagrado Coração de Jesus

16, outubro, 2012

A vida de Santa Margarida Maria Alacoque

Veja aqui como receber em sua casa uma Imagem do
Coração de Jesus

Santa Margarida Maria Alacoque nasceu no vilarejo de Lautecour, na Borgonha, no dia 22 de julho de 1647, numa família de posses, religiosa, com reputação de seriedade e honra. Seu pai, Claude Alacoque, era escrivão real. Sua mãe, Philibere Lamyn, era filha do também escrivão real François Lamyn.

Horror ao pecado

Seus familiares perceberam o horror de Margarida Maria ao pecado quando ela era ainda muito nova, teria cerca de três anos. Bastava lembrar que uma ação ofendia a Deus, para a menina dela se afastar horrorizada.

A este horror ao pecado, juntou-se logo o grande gosto pela oração e pela penitência, aliados à propensão muito grande de ajudar os pobres.

“Deus – escreve a santa – me deu um amor tão terno pelo pobres, que eu teria desejado só tratar com eles; Ele imprimiu em mim uma tão grande compaixão por suas misérias que, se estivesse no meu poder, tudo deixaria por eles. Quando eu tinha dinheiro, eu o dava aos pobrezinhos para estimulá-los a se aproximar de mim, e aí eu lhes ensinava o catecismo e a rezar”.

Dos quatro aos sete anos, a saber, de 1652 a 1655, seguindo um costume comum na época, foi viver no castelo de madame de Corcheval, sua madrinha, dama nobre da região, a pedido desta. Ali, em atmosfera serena e austera, iniciou sua formação. (…)

A educação foi interrompida pela morte da madame de Corcheval. A afilhada voltou à casa paterna. Em 1655, no mesmo ano da morte de sua madrinha, faleceu também o pai de margarida.

A mãe, procurando regularizar a situação patrimonial e financeira deixada pelo marido, e que era complicada, não dispunha de tempo para cuidar da educação da menina, e por isso a colocou como pensionista num convento de clarissas, segundo hábito da época. (…)

Margarida Maria contraiu, no pensionato das clarissas, uma doença séria e foi preciso voltar para a casa da mãe. Que doença seria? Não se sabe ao certo. O fato é que ficou cerca de quatro anos acamada, sem poder andar. Apenas em 1661 voltou a ter saúde, após um voto feito a Nossa Senhora.

Provações em casa

A família, inicialmente, quis encaminhá-la para um convento de ursulinas. Interveio um fato novo: a doença da mãe, e também a de um irmão. Obrigaram-nos a adiar os planos de vida religiosa.

Certo dia, um sacerdote franciscano hospedou-se na casa dos Alacoque, durante um período de missão. Santa margarida Maria aproveitou a ocasião para uma confissão geral.

Ao conhecer a alta virtude e os desejos de vida religiosa da moça, o sacerdote julgou que era o caso de que fosse para um convento. Ela respondeu que o irmão, que substituía o pai, opunha-se.

O religioso falou com o irmão e o convenceu a mudar de atitude. A provação em casa terminava. Outras provações, e mais dolorosas, viriam no convento da Visitação de Pray-le Monial, para onde ela se dirigiu.

Nossa santa foi aí aceita como noviça em 20 de junho de 1671; vestiu o hábito em 25 de agosto do mesmo ano, e fez a profissão solene em 6 de novembro de 1672. O quadro estava preparado para a mensagem do Coração de Jesus.

Extraído do livro: O Sagrado Coração de Jesus – Esperança, solução e consolo para cada um de nós. De André de Sá

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
Os comentários estão fechados.

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Meus Deus, estamos em guerra, de verdade Leia Mais +
  • Veja como Nosso Senhor Jesus Cristo curou um cego na cidade de Jericó: Leia Mais +
  • “Uma tão grande alma para uma tão pequena menina” – conheça a história da Venerável Ana de Guigné Leia Mais +
  • Curioso, imagem da Virgem de Guadalupe intriga cientistas do mundo todo, veja aqui! Leia Mais +
  • Passa por dificuldades? Saiba que “Para sair de apuros, não há coisa melhor do que rezar o rosário!”. Veja esse exemplo! Leia Mais +
  • Depois de ouvir essa mensagem, duvido que você algum dia abandone o Coração de Jesus. Confira. Leia Mais +
  • São Luiz Gonzaga e o Sagrado Coração de Jesus. Devoção de amor na vida que perdurou pela eternidade. Entenda. Leia Mais +
  • A Intolerância contra o Catolicismo aumenta e Nossa Senhora chora de tristeza. Veja o que podemos fazer para amenizar a dor do Coração de Maria Santíssima. Leia Mais +
  • “Misteriosas inscrições nas paredes” – veja a impressionante origem da Medalha de São Bento Leia Mais +
  • Missa das Súplicas ao Coração de Jesus: inscreva seu nome aqui Leia Mais +

Clique aqui para escrever os seus pedidos e agradecimentos a Santo Expedito

Seu nome em mais de 60 Missas por ano

Clique aqui e saiba mais

Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade