Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube Instagram

“Que o homem não separe o que Deus uniu!”

Benoit Bemelmens

A luz penetra pela janela e ilumina a noiva, que é o centro desta cena. Ela assina o registro diante do oficial do cartório civil, tendo ao seu lado o esposo e atrás de si a jovem dama de honra que segura o seu buquê de flores um tanto emocionada; os parentes assistem à cerimônia.
.
O véu e o vestido branco falam de pureza e dignidade — da esposa como do marido, que se unem pela vida inteira. O casamento entre um homem e uma mulher é uma realidade anterior ao Estado cujas raízes penetram no que há de mais fundo na natureza humana.
.
O contrato nupcial, segundo a expressão do Papa Pio XI na sua imortal encíclica sobre o matrimônio cristão, foi elevado por Nosso Senhor Jesus Cristo à categoria de sacramento indissolúvel: “Que o homem não separe o que Deus uniu”!

* * *

Loucura do mundo atual: este quadro (Signing the register, de Edmundo Blair Leighton – 1853-1922), que se encontrava no salão de casamentos da prefeitura de Bristol (Reino Unido), foi retirado dali para não “ofender” os adeptos de práticas contra a natureza!
.


Fonte: Blog da Família 

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • 15/09 – Dia de Nossa Senhora das Dores Leia Mais +
  • É Hoje! Festa da Exaltação da Santa Cruz Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade

Voltar aos Posts