Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube Instagram

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘A Divina Misericórdia’

Novena de Natal 5º Dia

20, dezembro, 2018 1 comentário

“Todos os sacrifícios oferecidos a Deus no correr de quarenta séculos, não foram bastante eficazes para remir o homem.”
Santo Afonso de Ligório 

Santo Afonso indulgenciou esta Novena da seguinte forma: para cada dia da Novena, recebemos Indulgência de 300 dias.

.
Ó meu Senhor,

quereis que Vos diga como me tenho havido para convosco durante a minha vida?

Desde o despontar da razão comecei a desprezar a vossa graça e o vosso amor.

Mas Vós o sabeis melhor do que eu mesmo;

não obstante suportastes-me, porque ainda me quereis bem.

Eu andava fugindo de Vós,

e Vós viestes à minha procura chamando-me.

Foi esse mesmo amor que Vos fez baixar do céu,

afim de buscar as ovelhas perdidas,

que Vos fez suportar-me e não me abandonar.

Meu Jesus, agora Vós me buscais e eu Vos busco.

Sinto que a vossa graça me auxilia;

auxilia-me com o arrependimento de meus pecados,

que detesto mais que qualquer outro mal;

auxilia-me inspirando-me um grande desejo de Vos amar e dar-Vos gosto.

Sim, meu Senhor, quero amar-Vos e agradar-Vos quanto puder.

Mas o que me faz temer,

é a minha fraqueza e insuficiência,

consequência dos meus pecados.

Maior todavia é a confiança que a vossa graça me inspiram,

fazendo-me colocar a minha esperança nos vossos merecimentos,

e dizer com toda a segurança: Tudo posso naquele que me conforta. 

Se sou fraco, Vós me dareis força contra os inimigos; se sou enfermo,

espero que o vosso sangue será o meu remédio; se sou pecador,

espero que me fareis santo.

Reconheço que outrora tenho cooperado para a minha perdição,

porque nos perigos deixei de recorrer a Vós.

Para o futuro, meu Jesus e minha Esperança,

quero sempre recorrer a Vós e de Vós espero todo o auxílio, todo o bem.

Amo-Vos sobre todas as cosias e não quero amar senão a Vós.

Ajudai-me, Vo-lo suplico,

pelo merecimento de tantos sofrimentos que desde menino suportastes por mim.

Pai Eterno, pelo amor de Jesus Cristo,permiti que Vos ame.

Se Vos tenho desprezado, abrandem-Vos as lágrimas de Jesus Menino que Vos roga por mim

Põe os olhos no rosto de teu Cristo.

Eu não mereço as graças, mas merece-as esse Filho inocente,

que Vos oferece uma vida de dores,

afim de que useis de misericórdia comigo.

E vós, ó Mãe de misericórdia, Maria,

não deixeis de interceder por mim.

Sabeis quanto confio em vós, e bem sei que não desamparais quem recorre a vós.

.

Clique aqui e veja como enviar, gratuitamente, uma belíssima oração de Natal para seus amigos!

Saiba o que Jesus disse a Santa Faustina sobre o culto a Vossa Misericórdia!

5, outubro, 2018 1 comentário

 

Divina-Misericórdia-de-Nosso-Senhor-Jesus-Cristo

Divina Misericórdia de Nosso Senhor Jesus Cristo

Jesus a nomeou como;

ApóstolaSecretária da Divina Misericórdia.

Sua missão foi preparar o mundo para a segunda vinda de Cristo .

faustinaSanta Faustina;

Entrou para a vida religiosa em 1924;

Seu confessor,  exigiu  que ela escrevesse as suas vivências em um diário espiritual, ela deixou a descrição das suas vivências místicas, que ocupa algumas centenas de páginas.

Faleceu em 5 de outubro de 1938.

Segundo ela, Jesus apareceu vestido de branco e de seu coração emanava feixes de luz vermelho e branco, e Ele pediu que ela pintasse uma imagem sua, sendo fiel ao que se mostrava a ela, onde nessa pintura conteria a inscrição;

Jesus, eu confio em vós

Será celebrada uma Santa Missa no horário da Divina Misericórdia, clique aqui e inclua seus pedidos.

No diário de Santa Faustina, é contado o que Nosso Senhor confirma, sobre o culto da Divina Misericórdia;

“Por meio desta imagem concederei muitas graças às almas; que toda alma tenha, por isso, acesso a ela.” (Diário n. 570)

 

“Prometo que a alma que venerar esta imagem não perecerá.
Prometo também, já aqui na terra, a vitória sobre seus inimigos e, especialmente, na hora da morte.
Eu mesmo a defenderei como Minha própria glória.” (Diário, n. 48)

 

“Consomem-Me as chamas da misericórdia; desejo derramá-las sobre as almas humanas. Ó!
Que grande dor me causam, quando não querem aceitá-las! (…) Diz à humanidade sofredora que se aconchegue no Meu misericordioso Coração, e Eu a encherei de paz.” (Diário, n. 1074)

 

“A humanidade não encontrará a paz enquanto não se voltar, com confiança, para a Minha misericórdia.” (Diário, n. 300)

 

“Minha filha, fala ao mundo da Minha Misericórdia, que toda a humanidade conheça a Minha insondável misericórdia. Este é o sinal para os últimos tempos; depois dele virá o dia da justiça.
Enquanto é tempo, recorram à fonte da Minha misericórdia, tirem proveito do Sangue e da Água que jorram para eles.” (Diário, n. 848)

 

“Antes de vir como justo Juiz, abro de par em par as portas de Minha misericórdia.
Quem não quiser passar pela porta da misericórdia terá que passar pela porta da Minha justiça…” (Diário, n. 1146)

Pelas mensagens deixadas pelo Nosso Senhor, a  Associação Apostolado do Sagrado Coração de Jesusem honra os participantes do grupo Famílias do Sagrado Coração de Jesus, celebra as missas semanais sempre no horário da Divina Misericórdia;

Saiba que o seu nome pode estar incluso em todas as missas que celebramos; são mais de 60 ao decorrer do ano, além das orações diárias de conventos e mosteiros.

Clique aqui e saiba como se inscrever.

.
.
*  *  *

Nunca contaram a você sobre a Devoção da Divina Misericórdia? Confira nessa matéria.

24, agosto, 2018 Sem comentários
santa-faustina

Sagrado Coração De Jesus e Irmã Faustina

Irmã Faustina: História da Divina Misericórdia
.

.

Jesus disse à Irmã Faustina:

 .

“Às três horas daSagradoCorazonJesusMargaritaAlacoque_100615 tarde implora à minha Misericórdia;
Especialmente pelos pecadores, e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a Minha Paixão;
Especialmente sobre o abandono em que me encontrei no momento da agonia. Esta é a hora de grande Misericórdia para o mundo inteiro.

Nessa hora nada negarei à alma que Me pedir em nome da Minha Paixão.”

Você já sabia a importância dessa oração?

.

Inclua Seu Nome para a próxima Santa Missa, sexta-feira ás três horas da tarde.

.

“Lembro-te, Minha filha, que todas as vezes que ouvires o bater do relógio, às três horas da tarde, deves mergulhar toda na Minha misericórdia, adorando-a e glorificando-a. Invoca a sua onipotência em favor do mundo inteiro e especialmente dos pobres pecadores, porque nesse momento ela está largamente aberta para cada alma. Nessa hora, conseguirás tudo para ti e para os outros. Naquela hora, o mundo inteiro recebeu uma grande graça: a Misericórdia venceu a Justiça. Procura rezar nessa hora a Via-Sacra, na medida em que te permitirem os teus deveres, e se não puderes rezar a Via-Sacra, entra ao menos por um momento na capela, e adora a meu Coração, que está cheio de Misericórdia no Santíssimo Sacramento. Se não puderes ir à capela, recolhe-te em oração onde estiveres, ainda que seja por um breve momento.”
.

O TERÇO À DIVINA MISERICÓRDIA
.

Em 13 de setembro de 1935, Irmã Faustina escreve:

 

“Eu vi um anjo, o executor da cólera de Deus…
a ponto de atingir a terra….
Eu comecei a implorar  intensamente a Deus  pelo mundo, com palavras que ouvia interiormente.
À medida em que assim rezava, vi que o anjo ficava desamparado, e não mais podia executar a justa punição…

 

No dia seguinte, uma voz interior lhe ensinou esta oração nas contas do rosário:

.
Terço da Misericórdia.

 

Disse Jesus a Irmã Faustina:

“Pela recitação desse Terço agrada-me dar tudo que Me pedem. Quando o recitarem os pecadores empedernidos, encherei suas almas de paz, e a hora da morte deles será feliz.

…Quando rezarem este Terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso.”

.
.

*  *  *

botao_05

Indulgência plenária na Festa da Divina Misericórdia, saiba como receber!

7, abril, 2018 Sem comentários
Divina Misericórdia do coração de Nosso Senhor

Divina Misericórdia do coração de Nosso Senhor

.
No segundo domingo da Páscoa – amanhã –, é celebrada a Divina Misericórdia. Esta festa litúrgica permite ao fiel alcançar a graça do perdão dos pecados.


Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores (…).

Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia.


A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas.


Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças”, prometeu Jesus em suas aparições à Santa Faustina Kowalska.


“Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate”
, assegurou-lhe o Senhor.


No ano 2000, o Papa São João Paulo II instituiu esta Festa da Misericórdia e, em 2002, foi publicado pela Santa Sé o “decreto sobre as indulgências recebidas na Festa da Divina Misericórdia”, uma graça que também pode ser alcançado pelos doentes e navegantes em alto mar.

Concede-se indulgência plenária no segundo domingo de Páscoa ao fiel que, com as condições habituais (confissão sacramental, comunhão eucarística e oração pelas intenções do Santo Padre):

“Participe nas práticas de piedade em honra da Divina Misericórdia, ou pelo menos recite, na presença do Santíssimo Sacramento da Eucaristia, publicamente exposto ou guardado no Tabernáculo, o Pai-Nosso e o Credo, juntamente com uma invocação piedosa ao Senhor Jesus Misericordioso (por ex., ‘Ó Jesus Misericordioso, confio em Ti’)”.


E a indulgência parcial é concedida “ao fiel que, pelo menos com o coração contrito, eleve ao Senhor Jesus Misericordioso uma das invocações piedosas legitimamente aprovadas”.

Também os doentes e as pessoas que os ajudam, os navegantes, os afetados pela guerra, conflitos ou clima severamente adverso “e a todos os que, por uma justa causa, não podem abandonar a casa ou desempenham uma atividade que não pode ser adiada em benefício da comunidade, poderão obter a Indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia”.

Para isso, devem, com total rechaço de qualquer pecado e com a intenção de cumprir logo que possível as três condições habituais, rezar “diante de uma piedosa imagem de Nosso Senhor Jesus Misericordioso, o Pai-Nosso e o Credo, acrescentando uma invocação piedosa ao Senhor Jesus Misericordioso”.

Além disso, se nem mesmo essas exigências puderem ser cumpridas, poderão obter a indulgência plenária:

“Todos os que se unirem com a intenção de espírito aos que praticam de maneira ordinária a obra prescrita para a Indulgência e oferecem a Deus Misericordioso uma oração e juntamente com os sofrimentos das suas enfermidades e os incômodos da própria vida, tendo também eles o propósito de cumprir logo que seja possível as três condições prescritas para a aquisição da Indulgência plenária”.

.
Fonte: acidigital.com

.
.
*  *  *

.
botao-oferta-aascj

A oração que Nosso Senhor ensinou a Santa Faustina, pela Divina Misericórdia. Rezemos todos os dias!

6, abril, 2018 1 comentário
Nosso Senhor Misericordioso

Nosso Senhor Misericordioso

.
Todos os anos, o Segundo Domingo da Páscoa é a Festa da Divina Misericórdia, estabelecida por São João Paulo II.


Em 1935, Santa Faustina recebeu de Cristo as seguintes indicações:

“Essa oração serve para aplacar a Minha ira. Tu a recitarás por nove dias, por meio do Terço do Rosário da seguinte maneira: Primeiro dirás o ‘Pai Nosso’, a ‘Ave Maria’ e o ‘Credo’”.

.

Procura livros católicos? Oração, devoção, catequese, formação?

Clique aqui e conheça o maior acervo de obras 100% Católicas e seguras de nossa doutrina.

Acesse agora e conheça!

.

“Depois, nas contas de ‘Pai Nosso’, dirás as seguintes palavras: Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro”.

“Nas contas de ‘Ave Maria’ rezarás as seguintes palavras: Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro. No fim, rezarás três vezes estas palavras: Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro”.

Este Terço geralmente é concluído com a seguinte oração escrita no diário de Santa Faustina: “Oh sangue e água que jorrastes do coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em vós”.

.

Não perca essa oportunidade!

.

Com a expansão da devoção ao Senhor da Divina Misericórdia, são muitos os fiéis que rezam este terço todos os dias às três horas da tarde, a “hora da misericórdia”, e seguindo a promessa de Cristo:


“Recita, sem cessar, este Terço que te ensinei. Todo aquele que o recitar alcançará grande misericórdia na hora da sua morte”.


Certo dia, o Nosso Senhor disse à Santa Faustina:


“Oh, que grandes graças concederei às almas que recitarem esse Terço”.


Em outra ocasião, Jesus pediu à Santa:


“Escreve que, quando recitarem esse Terço junto aos agonizantes, Eu Me colocarei entre o Pai e a alma agonizante não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso”.

.
Fonte: acidigital.com

.
.
*  *  *

.
botao-oferta-aascj

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Aprenda a fazer o Sinal da Cruz corretamente Leia Mais +
  • Como ser um bom católico – Dica 7: Agradecer a Deus por sua graça – Parte 1 Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade