Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube SoundCloud Instagram

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Beleza’

A surpreendente verdade que nunca contaram a você sobre o significado dos vitrais. Veja.

1, julho, 2018 Comments off
Vitral da Catedral de Chartres. França.

Vitral da Catedral de Chartres. França.


.
Imaginemos um vitral em forma circular, ou seja, uma rosácea. Um mundo de cores diferentes. 

.
Dentro do conjunto de cores, poder-se-ia fazer um passeio: ora “entrar” no céu cor de anil, ora no dourado absoluto, depois no verde total ou no vermelho bem rubro. 

Os olhos “entram” em vários pedacinhos de céu, olham daqui, de lá e de acolá. 

.
Em determinado momento, surge a maior alegria: a visão do conjunto.

.
Ao cabo de algum tempo, não sou mais eu que estou olhando para a rosácea, mas é ela que está como que olhando para mim. 

Um imenso olhar de “alguém” que contém todos os estados de espírito correlatos com aquelas várias cores e que no seu conjunto me analisa.

.
Analisa não tal aspecto ou tal outro de minha psicologia, mas a mim como um todo, composto de proporções desiguais e irrepetíveis. 

.
Nunca houve antes, nem haverá depois, um outro igual a cada um de nós. 

Se eu olho em torno de mim e vejo outras pessoas também contemplando o vitral, noto como elas são diferentes de mim e para cada uma delas o vitral diz coisas diferentes. 

Percebo a variedade inesgotável de interpretações que a alma humana, olhando para a rosácea, pode estabelecer, a ponto de se sentir compreendida por ela.

Chartres rosacea lateral centro

Gosto muito de ver fotografias de vitrais medievais. Aquelas que retratam aspectos isolados deles não dão, a meu ver, o melhor do vitral. 

O melhor é quando a rosácea inteira projeta sua luz para nós. Por quê?

Por causa da própria natureza da alma humana. Somos tais que podemos ter aspectos de alma lindos. 

Entretanto, o mais belo não é nenhum deles.

.
.
.
O mais bonito é contemplar a alma humana enquanto criatura em que Deus vai formando, com aspectos vários, uma imagem d’Ele dentro da coleção quase incontável dos homens. 

.
Desde o primeiro homem até o último, cada um ocupa um lugar sem o qual a coleção ficaria incompleta.

.
Como um vitral que recebeu uma pedrada e nesse ponto aparece um buraco. 

Assim, analisando cada homem no seu conjunto, notamos uma porção de elementos individualmente lindos; mas o mais belo é, se cada um se santificar, observar no seu todo a plenitude de sua personalidade.

 

.
.
Autor: Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, excertos da conferência proferida em 26/10/1980. 

.
.
Fonte: joiasesimbolosmedievais.blogspot.com.br

.
*  *  *

Seu e-mail tem espaço para Deus?

.

Clique aqui e deixe Deus entrar no seu dia-a-dia!

.

O que o vôo do Falcão pode nos ensinar sobre a Virtude da Fortaleza? Descubra.

11, maio, 2018 Comments off
O vôo do Falcão.

O vôo do Falcão.


.
Plinio Corrêa de Oliveira


.
O falcão tem uma capacidade de vôo que parece desproporcionada para seu tamanho: vôo retilíneo, indicando total ausência de medo.

.
E
le ataca e agarra com toda segurança sua presa. Sua larga visão precede a ação, por isso ele não hesita. Isto nos dá uma idéia de qualidades morais próprias do homem.

É belo considerar um homem que discerne de longe o adversário.

É bela a alma do homem que, tendo visto o inimigo da Igreja, investe sobre ele sem nenhuma vacilação e no momento oportuno, com uma proeza semelhante à do falcão cortando os espaços.

É metafisicamente bela a causa que desfecha na ação, e também a ação precedida do jogo da inteligência.

.
No caso do falcão, sua vista é o símbolo da inteligência aguda que perscruta ao longe.

.
O falcão só possui instinto animal, mas sua ação de atacar e conquistar a vitória, depois voltar fiel e pacífico para junto de seu dono;

É uma imagem da vontade humana que realiza o que a inteligência mostrou, e depois repousa.

Falcão com suas imponentes asas abertas.

É nobre e metafisicamente bela a tranqüilidade do homem que cumpriu o que deveria ser feito, empregando todas as suas qualidades;

Pois é belo a causa produzir o efeito e este desenrolar-se segundo as leis de sua própria natureza, até seu último extremo.

.
.
.
.
.
.
É também bela esta forma de temperança que leva a causa a produzir todo o efeito desejado, e encontrar seu repouso ao terminar a ação.

.
Tudo isto é metafisicamente belo, e poder-se-ia dizer que é divinamente belo.

Quando nos referimos à ação que obedece à inteligência, não se trata de uma idéia abstrata, mas constitui imagens de Deus.

.
São realidades cuja beleza não é senão um espelho da beleza divina, a qual vamos contemplar por todos os séculos dos séculos na glória d´Ele;

.
Se até lá nos levar, como esperamos, a mão misericordiosa de Nossa Senhora.

.
.
Fonte: http://bit.ly/1UWpmxd

.
*  *  *

Você quer receber os melhores e exclusivos Conteúdos Católicos, Orações, Mensagens antes de todo mundo? É GRÁTIS e terá seu nome inscrito em uma Santa Missa.

.
.
Então clique AQUI e descubra como!

.
.

 

O sorriso de Deus é transmitido pelo pequeno esquilo. Veja e entenda.

9, maio, 2018 Comments off
Graciosidade do esquilo

Graciosidade do esquilo


.
Plinio Corrêa de Oliveira

.

O esquilo é um brinquedinho que Deus criou para o homem.

.
P
ara fazê-lo sorrir e ficar encantado. Uma maravilha de delicadeza, de leveza! Um sorriso de Deus, que leva o homem a sorrir!

Aquela cauda linda do esquilo dá a ele mais ou menos o perfil de uma chaleira ou de uma cafeteira, com uma linda alça, uma verdadeira beleza, gestos encantadores.

No hemisfério norte, durante o inverno, os esquilos costumam ir comer nas janelas de pessoas que põem uns grãozinhos para eles se alimentarem, são comestíveis do tipo de avelãs, nozes, amêndoas etc.

Diante dessas guloseimas, eles escolhem para comer primeiro o que há de melhor.

 

Os esquilos sempre estão atentos a tudo

.
.
É encantador observar o jeitinho deles, olhando para ver se colocam comida na janela e, quando não tem, eles chegam a bater com as patinhas nas janelas.

Nisso, os homens contemplam uma maravilha de Deus, que criou esses entes para fazê-los sorrir em meio a tantas outras coisas que os preocupam.

.
.
.
.
O mesmo Deus que Se encarnou, que sofreu aquela terrível morte, e que pede que tenhamos aquelas dores d’Ele continuamente presentes no espírito, é o Deus que criou os esquilos para sorrirmos.

.
Na liturgia da Semana Santa canta-se o “Stabat Mater”: 

“Fac me tecum pie flere, crucifixo condolere, donec ego vixero” (Oh! Dá-me enquanto viver, com Cristo compadecer, chorando sempre contigo).

Contemplando a Sagrada Paixão, Deus deseja que nossas almas chorem, com a delicadeza própria a Deus, mas Ele, ao mesmo tempo, quer que elas sorriam.

.
Assim, depois do exemplo magnífico e faustoso de sua Morte, Ele nos diz: “Meu filho, agora pare um pouco, sorria de modo saudável e reto.

.
Olhe o esquilo, veja como é engraçadinho… Olhe a formiga no formigueiro, veja como é diligente… Olhe o ninho de passarinho como é gracioso…”

.
.
Fonte: catolicismo.com.br

.
*  *  *

.
bt_oferta_ASC-3

Catedral de Orvieto (Itália) a beleza e o colorido de Deus. Veja.

23, abril, 2018 Comments off
Orvieto catedral gótica colorida com mosaicos e mármore

Orvieto catedral gótica colorida com mosaicos e mármore


.
Uma das mais belas catedrais existentes na Itália é uma basílica gótica toda colorida em mosaico do lado de fora.

.
É
um dos edifícios góticos mais belos do mundo.

É a Catedral de Orvieto.

Sobre uma fachada estritamente gótica podemos ver uma feeria de cores.

Não há aí o que não seja gótico, inclusive a rosácea. Ela fica dentro de um quadrado que tem qualquer coisa de clássico. Mas que se encaixa tão perfeitamente que não há o que dizer.

.
A cor escolhida é a mais esplendorosa das cores: o ouro. Toda a fachada é sobre fundo dourado. E esse fundo é feito com um método nobre: o do mosaico.

.
Trata-se de um mosaico de alta qualidade, tão rutilante, tão magnífico que, sendo esta fachada do século XIV, ela dá a impressão de terminada ontem.

Ela não apresenta a poesia do granito, que fica mais belo à medida que envelhece.

.
O velho granito que desafia todos os tempos e todas as intempéries tem sua beleza.

.
Em Orvieto dir-se-ia que a fachada foi feita no ano passado e que só conheceu verões e primaveras. A igreja está novinha como se fosse de ontem.

Os invernos e as tragédias da História escorregaram sobre ela sem a atingir em nada. Ela está magnífica, esplendorosa, sem alteração.

O granito fala da eternidade porque afirma a sua existência contra o tempo. Passa o tempo, o granito fica!

.
O mosaico de Orvieto se reporta à eternidade no sentido de que ignora o tempo!

.
Não resiste a ele porque não tem nada que ver com ele, o passar dos séculos não o atinge. O mosaico está lá, a basílica está lá.

.
Para que a impressão cromática ainda seja mais viva, há vários grupos de mosaicos.

.
Em cima está a coroação de Nossa Senhora.

Aos lados, à direita e à esquerda da rosácea, outros grupos representam: o desposório de São José e Nossa Senhora e a Apresentação do Menino Jesus no Templo.

No alto das portas, tanto dentro das ogivas como fora delas, há grupos humanos também: a Anunciação, o Batismo de Jesus, a perplexidade de São José e o Santo Natal.

Orvieto catedral gótica colorida com mosaicos e mármore, detalhe

Depois, mais adiante, no tímpano da porta central, mais figuras coloridas:

Nossa Senhora Rainha sendo venerada pelos anjos, pelos apóstolos e pelos santos.

O colorido está por toda parte.

As cenas representam toda a vida de Nossa Senhora e de Nosso Senhor Jesus Cristo. Que magnífico!

Então se compreende bem que no topo esteja a Coroação de Nossa Senhora como rainha do Céu e da Terra.

As cores não são de estardalhaço, mas são todas muito intensas.

.
Os artistas não tinham o gosto das cores pálidas, discretas, que se confundem ou se fundem umas com as outras.

.
As cores pálidas, ou fundidas, também têm a sua beleza. Mas não é a beleza da fachada da Catedral de Orvieto.

Nela brilha a beleza das cores definidas, que têm individualidade e vida própria.

Cada cena tem coloridos tais que produzem uma sinfonia de cores especial.

.
.
Fonte: Blog Catedrais Medievais

.
*  *  *


Seu e-mail tem espaço para Deus?

.
Clique aqui e saiba como incluir Deus no seu dia-a-dia!

.

Categories: boletim Tags: , ,

Como as Aves e os Lírios nos revelam o AMOR de Deus? Descubra.

12, abril, 2018 Comments off
As aves que enobrecem o Céu com seus lindos vôos.

As aves que enobrecem o Céu com seus lindos vôos.

.
Pe. David Francisquini

.
Já revelei em outras ocasiões aos meus leitores o apreço que tenho pela vida campestre;
.
A qual sempre nos remete à contemplação da arquitetonia do universo e aos ensinamentos de Jesus Cristo que estão contidos nas páginas dos Santos Evangelhos.
.
.
Basta pensar na descrição tão poética quanto apropriada sobre as aves do céu e os lírios do campo.
.
.
Com a força física que lhe é própria, o homem prepara a terra e lança a semente, na esperança de tirar do seu trabalho o alimento material de cada dia.
.
Com a sua força da vontade, ele deve procurar com afinco a luz, para entender a realidade mais profunda contida nas Sagradas Letras, haurindo assim sustento espiritual ao longo da vida terrena.
.
Nosso Senhor nos ensina:
.
“Por que vos inquieteis com o que comereis e com o que vestireis? Olhai os lírios dos campos como crescem, não trabalham e nem fiam.
.
.
Eu vos digo, pois, nem Salomão com toda sua glória se vestiu como um deles.
.
.
Se Deus trata assim a erva do campo que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, o que fará por vós, homens de pouca fé?”.
.
Ao falar assim da vestimenta que nos cobre e do alimento que nos sustenta, Nosso Senhor condena a inquietação que muitas vezes nos aflige quando nos entregamos ao desejo insaciável de riquezas.
.
Lindo campo de lírios, uma beleza divina.

Lindo campo de lírios, uma beleza divina.

De si a riqueza não é má. Jesus Cristo apenas desaprova a inquietação, ou seja, a impaciência com a qual muitas pessoas procuram tais bens.

.
Quis Nosso Senhor nos instruir que não podemos servir ao mesmo tempo a dois senhores, a riqueza e a Deus.
.
.
.
.
.
Nesse preceito se resume a conduta do homem neste vale de lágrimas: luta entre a luz e as trevas, entre o bem e o mal, entre o amor e o ódio;
.
.
Luta entre aqueles que pertencem à raça da Virgem e os que são da raça da Serpente.
.
.
Para Santo Agostinho, a Cidade de Deus é edificada no amor de Deus levado até ao esquecimento de si mesmo, enquanto a Cidade do Demônio é arquitetada sobre o amor de si mesmo até o esquecimento de Deus.
.
Se colocarmos em primeiro lugar a cobiça dos bens terrenos, os sentidos ficarão destemperados, a inteligência obscurecida e abalada a nossa fé.
.
.
Deus toma exemplos inocentes – as aves do céu e os lírios dos campos – para introduzir no coração do homem valores mais altos.
.
.
Ele fala dessas coisas para mover as almas no sentido de elevar os seus corações às sublimidades da vida divina.
.
Se Salomão com suas vestes foi superado pelas flores, ele que foi o mais rico dos reis, o que pensar de nós?
.
.
Ponderam os Santos Padres que Salomão foi superado pelas flores em formosura não por um curto espaço de tempo;
.
.
Mas durante todo o seu reinado, para significar que nem um dia de Salomão superou as flores em beleza e esplendor.
.
Enquanto as roupas do rei Salomão eram tecidas por alguém que compreendia e conhecia a beleza dos trajes, o adorno com que Deus enriqueceu os lírios representa a claridade dos anjos dos Céus;
.
Como luz reflexa da própria glória de Deus, sempre a nos inspirar a confiança de um dia estarmos igualmente revestidos dessa mesma luz.
.
.
Fonte: Blog Padre David Francisquini
.
.
*  *  *
.
bt_oferta_ASC-1
Categories: boletim Tags: , ,

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Após incêndio na Igreja, imagem do Coração de Jesus fica intacta! Leia Leia Mais +
  • Essa Missa você não pode perder… Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade