Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube Instagram

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘demônios’

É de arrepiar. O demônio quer corromper sua alma

20, junho, 2018 Sem comentários
O demônio pode estar na sua casa

O demônio pode estar na sua casa

ACONTECEU EM SÃO BERNARDO DO CAMPO – SÃO PAULO – HISTÓRIA VERÍDICA QUE VAI LHE ENSINAR COMO SE PROTEGER NESSA SITUAÇÃO.
.
Eu me chamo Fernando.
.
Quando muito jovem, minha família mudou-se para São Bernardo, na Grande São Paulo, em razão do trabalho de papai.
.
Naquela época, São Bernardo ainda tinha características de uma cidade do interior e eu lembro que foi muito fácil encontrar uma bela casa, tipo chácara, com árvores, jardins, ar puro.
.
Estávamos todos muito felizes por encontrar um local que prometia uma mudança em nossa qualidade de vida.
.
========================================
MAS A MUDANÇA QUE SE DEU TRARIA SURPRESAS INESPERADAS.
========================================
.
Numa noite, estava com minha irmã conversando na sala. Nós éramos adolescentes ainda. Meus pais dormiam.
.
DE REPENTE UM ESTRONDO FORTÍSSIMO.
.
Parecia que alguém golpeava com uma marreta a porta que levava a um jardim de inverno. E, ao mesmo tempo, todas as janelas de vidro estavam sendo estilhaçadas pela mesma marreta.
.
Ficamos apavorados com a violência dos golpes. E logo imaginamos que alguém estivesse tentando invadir nossa casa e nos apressamos em acordar papai e mamãe.
.
Assustados, eles foram ao nosso encontro e ainda ouviram os últimos golpes da marreta. E um silêncio terrível se instalou no ambiente.
.
============================================
O QUE ESTARIA ACONTECENDO LÁ FORA?

POR QUE ESSE SILÊNCIO ASSUSTADOR DEPOIS?
============================================
.
Nós ainda não tínhamos o telefone instalado. Era tudo muito demorado na década de 70.
.
Papai então resolveu enfrentar a situação armando-se de um bastão de madeira e dirigindo-se para a porta que dava para o jardim de inverno.
.
Minha irmã e eu, agarrados à nossa mãe, aterrorizados com medo do que poderia acontecer a papai, ficamos observando com o coração na mão.
.
Ele andou lentamente, respirou fundo, e de um só golpe abriu a porta!
.
====================================
MISTERIOSAMENTE, NÃO HAVIA NINGUÉM!
====================================
.
Tudo estava intacto. Nada fora do lugar, nada quebrado, nenhum sinal de que alguém lá estivera. Sentimos um misto de pavor com alívio.
.
Pavor porque todos tínhamos ouvido as pancadas violentas contra a porta e o estilhaçar do vidros. Alívio porque parecia não ser nada.
.
MAS COMO NADA DEPOIS DE TUDO O QUE ACONTECEU?
.
Afinal, não estávamos loucos.
Quatro pessoas ouviram os golpes.
.
A partir dessa noite, ninguém mais se sentia à vontade, tínhamos medo de ficar sozinhos na casa. E mal sabíamos que…
.
====================================
O INFERNO ESTAVA APENAS COMEÇANDO.
====================================
.
Inúmeros casos estranhos se sucederam naquela terrível casa. Pensávamos estar enlouquecendo. Eram fenômenos perturbadores, tensos, inexplicáveis.
.
Torneiras que se abriam sozinhas…
.
Vozes que ouvíamos nas madrugadas…
.
Gavetas de mamãe que eram abertas e desarrumadas sem qualquer explicação…
.
Ruídos que vinham da garagem, tão fortes que pareciam estar destruindo o automóvel de papai.
.
E QUANDO CHEGÁVAMOS PERTO NUNCA ERA NADA!
.
Nada. Nada mesmo.
.
E os fatos estranhos não cessavam.
.
Nossa família já tinha decidido sair daquela casa que chamávamos de mal-assombrada. O clima tenso em que vivíamos começava a causar desentendimentos entre nós. Papai e mamãe brigavam de uma forma que nunca tínhamos visto.
.
Eu e minha irmã nos desentendíamos por qualquer coisa e sempre tudo terminava com cenas horríveis e gritarias.
.
Afinal, papai encontrou outra casa e nós saímos daquele inferno.
.
=====================================
NA NOVA CASA ENCONTRAMOS PAZ, MAS…
=====================================
.
…aquilo tudo jamais saía de nossas cabeças. Ainda vivíamos amedrontados com qualquer ruído estranho.
.
Até que um belo dia, mamãe fazia curso de direção em uma auto-escola. E, num dado momento, passando de carro em frente à chácara em que vivíamos, ela comentou com a instrutora:
.
………- “Você sabia que essa casa é mal assombrada?”

A instrutora assustada e com voz trêmula lhe disse:

………- “Como é, Da. Alice? A senhora também sabe disso? Agora quem mora aí sou eu e minha família. Nossa vida transformou-se num verdadeiro inferno. Estamos desesperados procurando outra casa para mudar”.
.
E começou a relatar todo aquele terror que nós já tínhamos vivido. E, agora, era a família dela que passava por todo aquele inferno.
.
==========================================
E POR QUE EU ACHEI IMPORTANTE COMPARTILHAR ESSE RELATO PUBLICAMENTE?
==========================================
.
De tão incomodado que fiquei com essa história, fui pesquisar sobre o assunto.
.
Conversando com um primo meu de segundo grau – sacerdote numa cidade do interior – ele falou-me que essa casa provavelmente estava infestada de demônios.
.
E me emprestou um livro do Pe. Gabriele Amorth, Exorcista Oficial de Roma.
.
E este sacerdote, que morreu admirado por muitos por sua integridade e fidelidade à Igreja, classificava em seu livro os vários tipos de ação do demônio.
.
São eles:
.
=========================================
>> os sofrimentos físicos causados por Satanás externamente;
.
>> a possessão diabólica;
.
>> a vexação diabólica;
.
>> a obsessão diabólica;
.
>> as infestações diabólicas.
=========================================
.
Impressionante! Sua descrição de infestação diabólica era como que um relato de tudo o que vivemos naquela “chácara mal assombrada”.
.
O Exorcista ainda dizia:
.
“Nas infestações diabólicas não existem malefícios diretamente contra a pessoa, como acontece na possessão, mas atingem lugares, casas, escritórios, lojas, campos. E objetos, como: automóveis, almofadas, colchões, bonecos… até animais.”
.
Essa infestação pode abrir os caminhos para uma “obsessão diabólica” e mesmo uma “possessão’.
.
E O PADRE AMORTH COMPLETAVA COM ALGO MAIS TERRÍVEL AINDA.
.
“Em certas épocas da história, o poder de Satanás se faz sentir mais fortemente, pelo menos a nível comunitário e de pecados em massa.”
.
Para mim estava tudo explicado. Era exatamente isso o que tinha acontecido naquele lugar, onde hoje existe um prédio de apartamentos, e não sei dizer se os moradores ainda sofrem algum tipo de infestação diabólica.
.
============================================
DE TUDO ISSO EU TIREI UMA LIÇÃO, QUE LEVAREI COMIGO ATÉ A HORA DA MORTE.
============================================
.
O demônio age de todas as maneiras, de todas as formas, algumas explícitas e outras menos, mas todas elas para corromper as nossas almas, as nossas famílias, a nossa paz.
.
E eu lhe pergunto:
.
============================================
NÃO ESTAREMOS VIVENDO UMA DESSAS ÉPOCAS
ÀS QUAIS SE REFERE O PADRE AMORTH?
============================================
.
É notável a presença da ação do demônio por toda parte. É gigantesco o número de pecados que são cometidos em todos os níveis da sociedade.
.
Basta ver o caos no noticiário. Há fatos para os quais não se têm explicação a não ser por uma forte ação do maligno.
.
============================================
E, infelizmente, NINGUÉM, absolutamente ninguém, está livre dos danos dessa Guerra Invisível.
============================================
.
Mas eu diria que, de alguma forma, essa provação que relatei me aproximou mais de Deus.
.
E um dia fiquei muito feliz por encontrar no site dessa associação de devotos do Sagrado Coração de Jesus uma matéria sobre a medalha exorcística de São Bento.
.
E gostei demais de ver que a Associação tem um Grupo Especial de Oração para a Proteção contra as investidas diabólicas: o grupo Famílias Blindadas e Protegidas por São Bento.
.
=============================================
SIM !
AGORA EU SINTO QUE MINHA FAMÍLIA ESTÁ BLINDADA!
=============================================
.
E foi uma grande graça me inscrever nesse Grupo e contar com mais de 60 missas anuais para pedir proteção para mim e minha família, e contar com as orações diárias de religiosos que apoiam a Associação para nos ajudar a nos defendermos do espírito maligno.
.
Ao mesmo tempo que me inscrevi, senti um grande alívio e uma sensação de proteção espiritual e material tão notável, que achei que deveria agradecer isso aos senhores.
.
Sinto que a minha casa está abençoada.
.
============================================
É como se um campo de força invisível nos protegesse de perturbações, inquietações, transtornos e ameaças.
=============================================
.
Não tenho dúvidas de que, com a proteção de São Bento, e com as orações diárias desse Apostolado da Proteção, o demônio passa longe do meu lar.
.
Só gostaria de agradecer. Agradecer. Agradecer. Agradecer.
.
E dizer que eu estou rezando por cada um que se dedica a este Grupo de Oração, e faço de tudo para convencer meus amigos a se inscreverem no grupo Famílias Blindadas e Protegidas por São Bento.
.
Assinado: Fernando.
.
___________________________________

Assim termina o relato impressionante do Sr. Fernando, que depois nos contatou mais duas vezes para relatar graças alcançadas através da intercessão de São Bento.
.
Mas este testemunho serve também de ALERTA.
.
Um alerta para você e para todos os católicos de bem, que sabem que o demônio existe, mas que DEUS é maior do que ele.
.
==========================================
PENSE: POR QUE VOCÊ LEU ESSE RELATO ATÉ AQUI?
==========================================
.
Portanto, se você chegou até aqui, quero lhe convidar a seguir o exemplo do Sr. Fernando e inscrever-se hoje mesmo no grupo Famílias Blindadas e Protegidas por São Bento.
.
É um Grupo de Oração que você não precisará participar presencialmente, nem fazendo trabalhos voluntários que demandem tempo e dedicação.
.
Não.
.
Clicando no link >> https://aascj.org.br/familiasblindadas/euquero/?origem=7873 >> você garantirá sua inscrição no Grupo e imediatamente:
.
>> Seu nome será incluído em Missas semanais, cada uma delas pedindo a proteção de São Bento para você e sua família.
.
>> Serão mais de 60 missas por ano. Toda sexta-feira, uma missa. Isto sem falar das datas santas e festas da Igreja.
.
>> Você receberá um link direto no seu e-mail para acessar ao Site da Proteção. Nele, você terá livre acesso ao Livro de Orações das missas semanais.
.
Você poderá entrar todo dia, a qualquer horário, e escrever seus pedidos, preces, preocupações. Tudo o que for ali registrado será levado ao altar das missas que mandaremos celebrar. É 100% privado.
.
>> Todos os dias você contará com orações de religiosos que apoiam este apostolado. Enquanto você estiver conosco, em agradecimento, eles rezarão pelos seus pedidos. Todo santo dia.
.
Viu só?
.
__________________________
Clique no link para se inscrever:
https://aascj.org.br/familiasblindadas/euquero/?origem=7873
__________________________
.
ESSE GRUPO CONTA COM A CREDIBILIDADE E A GARANTIA DE UMA ASSOCIAÇÃO DE INSPIRAÇÃO CATÓLICA QUE SE DESTACA NO APOSTOLADO HÁ MAIS DE 15 ANOS !
.
Fazer parte do grupo de oração Famílias Blindadas e Protegidas por São Bento é contar com a proteção de um verdadeiro Pelotão Espiritual, que 24 horas por dia vigiará você e todos no seu lar.
.
Você deve se perguntar:

“Mas, se eu não preciso fazer trabalhos voluntários e nem participar de reuniões ou eventos, como este grupo sobrevive?”
.
Eu lhe digo:
.
Sobrevive única e exclusivamente com as pequenas doações mensais de seus participantes. E principalmente:
.
===========================================
SUA GENEROSIDADE NÃO SERÁ OBRIGATÓRIA, VOCÊ PODE SUSPENDER NA HORA EM QUE BEM ENTENDER.
===========================================
.
Temos medo de ver os noticiários, de deixar nossas crianças na rua, de tomarmos um ônibus, de sairmos de carro. Temos medo das traições, da inveja, dos que tentam nos prejudicar a qualquer custo.
.
Não queremos assumir, mas… tememos o demônio!
.
=====================================
É hora de dar um BASTA. Chega de pânico.
=====================================
.
Inscrevendo-se hoje no grupo Famílias Blindadas e Protegidas por São Bento, você sentirá os efeitos arrebatadores na sua vida.
.
__________________________
Clique no link para se inscrever:
https://aascj.org.br/familiasblindadas/euquero/?origem=7873
__________________________
.
Reitero que a sua doação será revertida em novas ações para levar a devoção de São Bento para quem ainda não a conhece. Até mesmo patrocinando este post no Facebook.
.
=============================================
As pessoas pensam que é de graça. Mas os custos destas mídias sociais são caríssimos. Para você ter uma ideia, se quisermos atingir cerca de 30.000 pessoas, o valor unitário a se pagar é mais caro que um automóvel popular.
=============================================
.
Por isso, São Bento também precisa de você. Como você precisa dele.

Juntos, vamos organizar um verdadeiro cerco contra satanás e tornar sua ação mais difícil.
.
Vamos levar São Bento às pessoas que mais sofrem com a possessão, a vexação, a obsessão e as infestações diabólicas.
.
Quem dera os pais do Sr. Fernando, que compartilhou seu relato conosco, tivessem conhecimento disso há décadas. Era certo que eles teriam se protegido e se livrado de tantos anos de tormentos e trevas.
.
________________________
Pois então, faça o teste.
.
Inscreva-se em:
https://aascj.org.br/familiasblindadas/euquero/?origem=7873
________________________
.
Nem que for por um único mês.
.
Se você não sentir melhora na sua vida, poderá abandonar este Grupo de Oração. Você poderá sair quando quiser, bastando comunicar a nossa Associação.
.
E ninguém vai lhe pedir qualquer explicação.
.
Mas vá em frente. Não desista. Acesse o link agora mesmo:
.
https://aascj.org.br/familiasblindadas/euquero/?origem=7873
.
===========================================
ATENÇÃO: O DEMÔNIO VAI TENTAR DE TUDO NESTE MOMENTO PARA LHE DISTRAIR, ATRAPALHAR E FAZER VOCÊ DESISTIR DE SE INSCREVER NESSAS GRAÇAS.
============================================
.
Seja colocando dúvidas em sua cabeça, seja insinuando que tudo isso é um exagero, sensacionalista ou que é melhor deixar para depois.
.
Mas não deixe que ele vença.
.
E com essa intenção rogamos ao seu Anjo da Guarda – que está a seu lado – para que ele lhe ajude a participar deste grande Exército da Proteção Espiritual.
.
Lembre-se: você contará com missas semanais e orações diárias pedindo a São Bento que blinde a sua família contra todos os males.
.
Vá em frente.
.
Clique no link abaixo e participe do grupo Famílias Blindadas e Protegidas por São Bento.
.
Aqui: https://aascj.org.br/familiasblindadas/euquero/?origem=7873
.
=============================================
inscreva seu nome em missas semanais pela proteção
conte com orações diárias de religiosos
receba por e-mail o acesso ao Site da Proteção para registrar seus pedidos nas missas que mandaremos celebrar
=============================================
.
Associação Apostolado do Sagrado Coração de Jesus
*Grupo Famílias Blindadas e Protegidas por São Bento*
.
.

 

PECADOS: Quais suas raízes, como somos tentados e como evitá-los. Veja.

24, março, 2018 Sem comentários
Adão e Eva sendo expulsos do Paraíso!

Adão e Eva sendo expulsos do Paraíso!


.
O livro do Gênesis diz que “Deus criou o ser humano à sua imagem”.

.
A
ntes disso, o pecado já existia, não por natureza, mas pela má vontade dos anjos decaídos, os demônios.

Foram eles quem, por inveja, se aproximaram do primeiro homem para tentá-lo.

Até então, Deus o havia colocado em um jardim de benesses , com múltiplas possibilidades de árvores e animais para comer e inúmeras coisas para fazer, tendo proibido apenas uma coisa:

“Podes comer de todas as árvores do jardim. Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não deves comer, porque, no dia em que dele comeres, com certeza morrerás”.

Por medo da morte e pelo aviso divino, Adão e Eva não tinham comido da árvore, até que o demônio lhes tentou, invertendo o apelo de Deus e transformando em atrativo aquilo que era proibido:

“De modo algum morrereis. Pelo contrário, Deus sabe que, no dia em que comerdes da árvore, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecedores do bem e do mal”.

.
Seduzidos pelo maligno, os primeiros pais pecaram e a desordem entrou na humanidade.

.
Para este curso de Terapia das Doenças Espirituais, o relato do livro do Gênesis sublinha um fato de notável importância:

Quando a serpente apresentou o fruto da árvore à mulher;

Ela “viu que seria bom comer da árvore, pois era atraente para os olhos e desejável para obter conhecimento”.

Estas três realidades – “comer”, “atraente para os olhos” e “desejável para obter conhecimento” – perpassam toda a história da humanidade:

.
Representam a tendência do homem para o prazer, para possuir as coisas e para o poder, essa última entendida como uma espécie de astúcia operativa.

.
São João entendeu bem isso, quando escreveu que “tudo o que há no mundo – a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a ostentação da riqueza [a soberba da vida] – não vem do Pai, mas do mundo”.
.

Nosso Senhor sendo tentado pelo demônio quando estava no deserto!

Nosso Senhor sendo tentado pelo demônio quando estava no deserto!

E o próprio Senhor, no deserto, foi tentado pelo demônio com essas três matérias.

Primeiro, Satanás propôs a Ele que transformasse pedras em pão, a fim de comer.

Depois, “mostrou-lhe, num relance, todos os reinos da terra” e prometeu dar-Lhe tudo aquilo, se Se prostrasse diante dele.

Por fim, tentou Jesus a fazer uma demonstração de poder: “Se és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo”.

Nosso Senhor venceu as três tentações, mostrando ao homem que é possível, com a Sua graça, vencer a carne, decaída pelo pecado original.

 

.
Mas, que são essas três coisas que com razão se podem chamar de “raízes” do pecado? Tratam-se de três libidos (libidines, em latim).

.
O que Eva perdeu por orgulho, Maria Santíssima ganhou por humildade; 

.
A primeira, libido amandi, é o apetite desordenado que “tem por objeto tudo o que pode fisicamente sustentar o corpo seja para a conservação do indivíduo, alimento, bebida etc., seja para a conservação da espécie, as coisas venéreas”.
.

Jesus morreu na Cruz para remir nossos pecados!

Jesus morreu na Cruz para remir nossos pecados!

O objeto dessa concupiscência é tanto a gula quanto o sexo desordenado, que é o vício da luxúria.

É curioso que, na mesma época em que se vê o fenômeno da anorexia, de meninas que morrem de fome porque não querem comer;

.
.
.
.
Percebe-se uma humanidade que busca o prazer venéreo, mas não quer assumir a responsabilidade dos filhos.

As pessoas querem comer, mas não querem engordar; querem fazer sexo, mas não querem estar abertas à vida.

A segunda, libido possidendi, “é concupiscência animal, e tem por objeto as coisas que não se apresentam para a sustentação e o prazer da carne;

Mas que agradam à imaginação ou a uma percepção semelhante, por exemplo, o dinheiro, o ornato das vestes, e outras coisas deste gênero”.

É esta espécie de concupiscência que se chama de concupiscência dos olhos.

.
A terceira é a libido dominandi. É a soberba fundamental de querer ser igual a Deus, como fez Satanás.

.
Enraizada no irascível, essa libido deseja o bem enquanto algo árduo:

“Quanto ao apetite desordenado do bem difícil, pertence à soberba da vida, sendo que a soberba é o apetite desordenado da excelência.”

É para combater essas três causas do pecado que se praticam as três obras quaresmais:

O jejum, a esmola e a oração;

E também os três votos evangélicos:

A castidade, a pobreza e a obediência.

.
Também aqui se identificam os nossos relacionamentos com o outro, com as coisas e conosco mesmos.

.
Se abusamos de outra pessoa, usando-a como objeto para obter prazer, estamos cedendo à concupiscência da carne;

.
Se idolatramos as coisas, pensando estar nelas a nossa felicidade, cedemos à concupiscência dos olhos; e se fazemos de nós mesmos deus, estamos na soberba da vida.

.
Deus criou o homem para que ele participasse de Sua divindade, mas ele deveria sê-lo pela graça, não por suas próprias forças.

Quando Eva “se apega ciosamente ao ser igual a Deus”, ela rouba, com “ἁρπαγμὸς” (lê-se: harpagmós): as suas mãos se fecham para pegar para si.

.
As mãos de Cristo são o contrário das mãos de Eva: elas se abrem para dar. Enquanto Eva quis, Cristo tudo entregou.

.
Enquanto as mãos de Eva se voltam ao lenho para pegar, as de Cristo se deixam pregar ao lenho da Cruz para dar.

Da primeira árvore nos vêm a desgraça e a morte; da segunda, a graça e a vida, a nossa salvação.

.

.
Fonte: padrepauloricardo.org 

.

.
*  *  *

.
botao-oferta-aascj

Esse Santo bateu no demônio! Você sabe quem ele é? Veja aqui.

9, março, 2018 2 comentários
São Leofredo surra diabo que fingia ser monge, santinho italiano

São Leofredo surra diabo que fingia ser monge, santinho italiano


.
São Leofredo (Leutfrido, Leufroi, ouLeufroy) foi um abade francês do século VIII canonizado pela Igreja Católica.

.
Leofredo estudou na abadia de Condat e em Chartres. Ensinou em Evreux, França. Viveu como ermitão em Cailly e Ruão.

Fundou a abadia da Santa Cruz de Saint-Qu’en por volta de 690. A abadia foi renomeada como Saint-Leufroy em honra do santo, seu fundador.

São Leofredo morreu no ano 738 e sua festa se comemora em 21 de junho. De São Leofredo, escreve Ernest Hello na sua “Fisionomia dos Santos”:

.

.
Nasceu na Neustria; de boa família, a qual deixou para ser sacerdote. Depois de muita luta, fundou a Abadia de Santa Cruz.

Sofreu perseguições por seu espírito independente. Recebeu o dom dos milagres e da profecia. Era extremamente severo.

Como não tivesse cabelo, um dia, uma mulher, dele zombou. Disse-lhe o santo: Por que zombas de um defeito da natureza?

Não tenha na tua cabeça mais cabelos do que eu tenho na testa; e o mesmo suceda a teus descendentes.

Trabalhavam, uns camponeses, no dia domingo. Levantou o santo os olhos ao Céu, dizendo: 

– Senhor, fique essa terra eternamente estéril. Nunca nela se veja nem grão, nem trigo. E o campo encheu-se de cardos e espinhos.

.
São Leofredo tinha um zelo de misericórdia, mais de justiça mais ardente ainda.

.
As cóleras de São Leofredo acendiam as chamas da Caridade. As suas imprecações, o poder de sua caridade, o seu amor aos pobres, o seu ódio à injustiça, são as linhas paralelas de sua vida.

Um de seus religiosos morrera; e, com ele, encontraram três moedas. Estava violando o voto de pobreza. Leofredo mandou enterrá-lo em terra profana.


E após esses dias, o Senhor revelou-lhe que Sua misericórdia havia liberado a alma que Sua justiça condenara. Depois, fez um retiro de 40 dias; rezando e chorando pela alma daquele que parecera rejeitar.

“Sua fúria contra o demônio era tremenda”.

Uma vez, estando em sua cela, um frade foi avisá-lo que o demônio estava aprontando na Igreja.

Reconhecendo seu velho inimigo, o santo correu à capela e fez sinal da cruz sobre as portas e as janelas, como para vedar as saídas.

E, avançando sobre ele bateu-lhe com furor”.

.
O demônio quis fugir, mas as saídas estavam vedadas. O corpo que ele tomara para si, poderia ter se dissipado subitamente.

.
Parece, porém, que ele não teve permissão para isso. Deus quis humilha-lo sob as pancadas de São Leofredo”.

.
Muito pouca gente reage e luta contra o demônio com furor. 

Ora, o demônio merece ser repelido com ódio. E quando ele se aproxima de nós, nós devemos ter um assanhamento de ódio maior do que nós temos com qualquer pessoa viva nesta terra.

Porque é o inimigo declarado de Deus, o inimigo declarado de nossa alma, que quer toda espécie de mal; e quando nos sentimos tentados, nós devemos ter contra ele um ódio militante, como São Miguel Arcanjo.

 

São Leofredo: detalhe de vitral de Saint-Ouen, Ruão, França

Há coisa melhor do que esse exemplo de São Leofredo? 

São Leofredo bateu no corpo, que era um boneco que o demônio usava.

Naturalmente, aquelas pancadas, atormentavam mesmo o demônio. Como o atormenta a gente falar mal dele. Que humilhação! 

Pode-se imaginar São Leofredo, já velho, de barba branca, cabelo branco, mas muito conservado ainda; de olhos castanhos.

.
Mas forte e dando pancada com uma serenidade e um ódio únicos. E aquele “boneco” gemendo e estertorando até acabar de ser visto fugindo pela torre.

.
.
.
.
Valeria a pena, numa época futura, edificar uma capela consagrada a São Leofredo e à Santa Teresinha que também pôs em fuga os demônios.

São Leofredo e Santa Teresinha do Menino Jesus formariam um conjunto perfeito. 

Examinemos a intensidade de nossa cólera ao contrário daquilo que amamos. É assim que nosso amor se conta.Queremos medir a intensidade de nosso amor? 

O amor perfeito percebe tudo; a cólera perfeita percebe tudo. O amor perfeito só se alimenta da cólera, e a cólera perfeita também só se alimenta de amor. 

.
O amor perfeito vive da contemplação daquele que ama e a cólera perfeita vive da contemplação daquilo que odeia. E o ato do amor é a perfeição do amor; o ato de cólera é a perfeição da cólera.

.
“Eu durmo, mas o meu coração vigia”. Isso se pode dizer do amor. É como uma mãe que está com o filho muito doente. Ela dorme, mas o coração dela não dorme. 

.
Da mesma forma os católicos deveriam poder dizer de si: nós dormimos, mas o nosso ódio ao demônio não dorme.

.
É que, até no sono, nós devemos ser uma tocha viva de ódio contra o mal e contra os inimigos de Nossa Senhora.

.
Aí, se pode dizer: “eu durmo, mas o meu coração vigia à espera do momento da ocasião de glorificar ainda mais Nossa Senhora”!

.

.
Fonte: http://bit.ly/1M2SjEC

.
*  *  *

.
botao-oferta-aascj

O que o Santo Evangelho nos ensina sobre a expulsão dos demônios? Descubra.

20, janeiro, 2018 Sem comentários
Nosso Senhor expulsa os demônios!

Nosso Senhor expulsa os demônios!

.
Ao vir a este mundo, Jesus Cristo se revestiu do divino poder de ensinar, operar milagres e expulsar demônios.

.
A
gora na Quaresma a Igreja propõe para reflexão dos fiéis o Evangelho em que o Filho de Deus expulsa o demônio de um homem cego e surdo-mudo, operando três milagres de uma só vez:

O de fazê-lo ver, ouvir e falar.

.
O Evangelho traz ensinamentos para todos os tempos. Que lição podemos tirar hoje desse prodígio?

.
O mundo contemporâneo se nega a ouvir, falar e ver, pois grassa nele uma surdez e mudez generalizada à palavra de Deus, cujos ensinamentos não são ouvidos nem pregados.

Enquanto o vício e o erro se desfecham na devassidão dos costumes, desviando as pessoas do ensinamento perene da Igreja, Ela mostra que Cristo é o caminho, a verdade e a vida.

Ao realizar o tríplice milagre, nosso Salvador concorreu para que através dos séculos muitos cressem nos seus divinos preceitos e os aceitassem.

Enquanto a multidão rendia glória a Deus por milagre tão sublime, escribas e fariseus se empenhavam em não reconhecê-lo, atribuindo o prodígio a Belzebu.

A contradição — um demônio contrapondo outro — foi aproveitada por Nosso Senhor em sua réplica:

“Todo reino dividido perecerá”.

Em que pese a crise instalada na Igreja, o seu reino e a sua fé inabalável e indivisível subsistirão sempre nesta Terra de exílio, onde haverá uma luta perpétua entre o bem e o mal;

.
Entre a verdade e o erro, entre luz e as trevas, luta que durará até a consumação dos séculos, pois que foi prescrita pelo próprio Deus.

.
Nosso Senhor revidou os inimigos ao afirmar que não era pelo poder do demônio que Ele expulsava demônios, mas pelo dedo de Deus.

Nosso Senhor livra o pobre homem da ação do demônio!

Nosso Senhor livra o pobre homem da ação do demônio!

Ele se referiu ao Espírito Santo, pois Jesus lia e perscrutava os pensamentos daqueles fariseus e respondia as objeções que estavam no segredo de seus corações.

Caso Nosso Senhor tivesse recorrido às Escrituras, eles não teriam prestado atenção.

De onde a comparação entre cidades e reinos, pois é grande a união dos súditos em torno de reinos e casas.

No mundo atual se propaga uma crise avassaladora, crise de fé com suas múltiplas consequências: crise da família, da sociedade, da propriedade, das instituições, dos valores, dos costumes, e até dos hábitos.

Como um grande incêndio, tal crise invade todos os segmentos do corpo social, chegando mesmo a ser generalizada e constante, rumo ao caos. E isso só pode ser obra do demônio e de seus satélites.

Ao expulsar o demônio daquele homem, Jesus quis nos ensinar acerca do poder conferido à Sua Igreja, o de anunciar o Evangelho. Ele não apenas expulsou aquele demônio, mas conquistou méritos infinitos para a Igreja com a Sua paixão e morte.

.
Segundo a narração do Evangelho, depois de expulso o demônio andou por lugares secos e áridos;

.
E não podendo voltar para aquele homem, pois sua alma estava ornada e limpa, tomou então sete espíritos piores para a ele retornar, tornando-o pior do que antes.

Assim acontecerá com esta geração perversa e má.

Hoje presenciamos a apostasia do mundo ocidental.

O que aconteceu com o povo judeu ao rejeitar o Salvador repete-se hoje com o abandono da Igreja verdadeira por parte não apenas dos fiéis, mas de muitos de seus pastores.

.
Assistimos a uma verdadeira paixão da Igreja, a qual já teria perecido se não fosse imortal.

.
Assim como Jesus foi condenado à morte, morrem hábitos, costumes e modos de ser que marcaram o mundo outrora cristão e civilizado.

Mas a Igreja não morrerá, pois temos a promessa de que as portas do inferno não prevalecerão.

.
.

*  *  *

.
.

Seu nome pode ser inscrito em mais de 60 Missas por ano e você pode receber inúmeras graças em sua vida.

Clique no link abaixo e confira.

.
.

botao_07

.

.

.

A Eficácia da Água Benta contra os demônios (tentações)

16, novembro, 2017 1 comentário
Santa Teresa de Avila

Santa Teresa de Avila

.
A vida dos santos nos ensina a eficácia da água benta contra os demônios e contra as desordens que podem ocorrer na natureza, e que são causadas pelos pecados e pela malícia do demônio. 


Ela nos torna cada vez mais seguros de vencermos em nossos combates espirituais.

Eu, quando o vi, ri-me e não tive medo. Estavam ali algumas irmãs comigo que não me podiam valer nem sabiam que remédio dar a tanto tormento.

É que eram grandes as pancadas que o demônio me fazia dar com o corpo e cabeça e braços, sem eu poder opor resistência e o pior era o desassossego interior, que, de nenhum modo, podia ter sossego.


Não ousava pedir água benta para não causar medo às irmãs e para que não entendessem o que era.


De muitas outras vezes tenho experiência que não há coisa de que eles fujam mais para não voltar.

Da cruz também fogem, mas voltam.

Deve ser grande a virtude da água benta e para mim é particular e muito conhecida a consolação que sente a minha alma quando a tomo.

É certo que o mais habitual é sentir uma consolação, que eu não a saberia dar a entender; é como um deleite interior que me conforta toda a alma.

Isto não é capricho, nem coisa que me tenha acontecido uma só vez, senão muitíssimas e visto com muita advertência.

Digamos que é como se alguém estivesse com muito calor e sede e bebesse um jarro de água fria, que parece todo ele sentiu refrigério. 

Considero eu que grande coisa é tudo o que está ordenado, pela Igreja e consolo-me muito de ver que tenham tanta força aquelas palavras que assim a comunicam à água, para que seja tão grande a diferença que faz da que não é benta.


Pois, como não cessasse o tormento, disse: se não se rissem, pediria água benta.


Trouxeram-ma e lançaram-na sobre mim e não surtiu efeito.

Lancei-a para onde estava o demônio e, no mesmo instante, ele se foi, e se me tirou todo o mal, como se com a mão mo tirassem.

Apenas fiquei cansada como se me tivessem dado muitas pancadas.

Fez-me grande proveito ver que, não sendo ainda dele uma alma e um corpo, lhes faz tanto mal quando o Senhor lhe dá licença, que será, pois, quando ele os possuir como coisa sua?

Deu-me de novo vontade de me livrar de tão ruim companhia.

Outra vez, ainda há pouco, aconteceu-me o mesmo, mas não durou tanto, e eu estava só.


Pedi água benta às que entraram depois de já eles se terem ido e sentiram um cheiro muito mau como de pedra de enxofre.


Eram duas freiras e é bem de crer que, por caso nenhum, diriam mentira.

Eu não o senti; durou de maneira a poder-se aperceber bem disto.

[…]Neste tempo também julguei, uma noite, que me estrangulavam.

As que estavam ali deitaram muita água benta, e vi uma grande multidão deles fugir como quem se vai despenhando.

São tantas as vezes que estes malditos me atormentam, e tão pouco o medo que eu lhes tenho, por ver que nem se podem mexer, se o Senhor lhes não dá licença, que cansaria a V Mercê e me cansaria a mim se eu lhas dissesse.

[…] Só direi isto que me aconteceu numa noite de Finados.

Estando eu num oratório, e tendo rezado um noturno e dizendo umas orações – que estão no fim do nosso Breviário e são muito devotas;


Se me pôs um demônio sobre o livro para que eu não acabasse a oração.

Eu benzi-me e ele desapareceu. Tornando eu a começar, voltou; creio que foram três vezes as que a comecei, e, enquanto lhe não deitei água benta, não pude acabar.

E, no mesmo instante, vi que saíram algumas almas do purgatório, às quais devia faltar pouco, e pensei que era isto o que o demônio pretendia estorvar.


Poucas vezes o tenho visto tomando forma corporal e muitas sem forma nenhuma, como na visão em que, sem forma, se vê claramente que está ali, como tenho dito.


Do Livro: A Vida de Santa Teresa D’Ávila
Fonte: Blog Almas Devotas

.
.
*  *  *

.

missa

Clique na Imagem e escreva seu nome na Missa

.
.

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • 15/09 – Dia de Nossa Senhora das Dores Leia Mais +
  • É Hoje! Festa da Exaltação da Santa Cruz Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade