Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube Instagram

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Reze Por Ele’

O que está por trás da palavra “coração”? Descubra nessa matéria.

28, novembro, 2018 Sem comentários

Além de usarmos a palavra coração para descrever um órgão masculino, podemos usar a analogia onde ele também representa valores de ordem moral.

Metaforicamente dizemos: fulano tem um “coração de ouro ou pedra”.

Ouro representa uma pessoa bondosa e cheia de empatia, já a pedra é uma pessoa insensível, amarga de coração fechado.

O Coração de Jesus representa o mais puro ouro deste mundo.

Através dEle os corações frios, serão transformados por um de puro amor.
.

Mas para isso devemos entroniza-lo para que muitos corações sejam transformados.

Mais uma das missões do Grupo Famílias do Sagrado Coração de Jesus. 

Os participantes nos ajudam a leva-lo para diversas famílias de todo o Brasil.

Clique aqui e saiba mais.
.

Sua compaixão supera o próprio sofrimento por nós.

Nessa fonte de inesgotável de misericórdia e amor, os corações angustiantes pararão de sofrer e os de pedra virarão carne ao conhecer sua grandeza.

Quantas pessoas sofrem toda uma vida e não conhecem uma solução? Pode ver, são muitas, e o melhor auxílio é o Coração de Jesus.

São diversos corações vazios que precisam ser preenchidos por tesouros, e somente Ele é capaz disso.
.
E ele PODE confortar todos os corações aflitos, basta que essas pessoas socorram a Vós.
.
Uma oração é a melhor maneira de socorrer à Ele, e com certeza são muitas pessoas que necessitam.

.
Quando foi a última vez que dedicou uma oração ou intenção por alguém?
.
Faz muito tempo?

.
Não se preocupe.
.
Clicando aqui, você poderá rezar por você e por alguém também. Além do mais serão 9 dias de orações continuas pelas intenções que forem registradas.
.
Se preferir, é só clicar na figura abaixo:

.

Compartilhe!

O comovente retrato da Igreja dos mártires

27, maio, 2014 Sem comentários

Enquanto, no Oriente, alguns sequer têm liberdade para proclamar a própria fé, o Ocidente é palco para cristãos que dão de ombros para a Cruz.

Reze pelos cristãos martirizados e suas famílias

Alguns jornais reportaram, no último mês, que  “cristãos que se recusaram a professar a fé muçulmana ou pagar resgate foram crucificados por extremistas” na Síria [1].

O drama dos que confessam Nosso Senhor Jesus Cristo no Oriente Médio – e em outras regiões do mundo – é pouco exibido pelos meios de comunicação, fazendo que a realidade de tantas pessoas nos pareça distante e, às vezes, até ilusória. No entanto, as suas lágrimas, as suas dores e o seu sacrifício tantas vezes cruento são realidades verdadeiramente cruéis de uma história que está longe de seu termo final.

Pense-se, por exemplo, no sofrimento de pais de família que, antes de doarem a própria vida, foram obrigados a entregar aqueles que mais amavam: suas mulheres e seus filhos.

Se pudessem se entregar a si mesmos para salvarem os seus, eles o fariam. Mas, tiveram de imitar aquela heroína do livro dos Macabeus, que viu seus sete filhos pequenos morrerem, antes de ser martirizada [3]. Suas filhas foram levadas de seus braços, ou para receberem uma fé na qual não foram educadas e à qual não querem aderir, ou para serem assassinadas impiedosamente.

Entre as muitas histórias de perseguição que veem de todo o Oriente Médio, situa-se a desses jovens que foram crucificados por serem cristãos.

Um deles, segundo o testemunho da irmã Raghid, ex-diretora da escola do patriarcado grego-católico de Damasco, “foi crucificado em frente a seu pai, que foi morto em seguida”. De acordo com ela, depois dos massacres, os jihadistas “pegaram as cabeças das vítimas e jogaram futebol com elas”. Também levarem os bebês das mulheres e “os penduraram em árvores com os seus cordões umbilicais”.

Tais relatos devem nos comover e nos fazer dobrar os nossos joelhos por nossos irmãos perseguidos em terras estrangeiras. Afinal, somos todos membros da mesma Igreja, as orações que fazemos têm eficácia para as partes mais necessitadas do corpo místico de Cristo.

Reze pelos cristãos perseguidos em todo o mundo

Mas, não apenas isso. O sangue dos cristãos martirizados precisa converter os nossos corações. Enquanto eles são perseguidos por praticarem sua fé em lugares como Irã, Síria, Egito, Coreia do Norte e China, tendo que se esconder em espaços subterrâneos – como os primeiros seguidores de Cristo iam às catacumbas – ou viver debaixo da constante ameaça de milícias terroristas, nós, no Ocidente, temos praticado a fé de forma desleixada, transformando nossa liberdade em libertinagem, em ocasião para o pecado e para a própria destruição.

Temos desperdiçado a oportunidade de praticar nossos atos de piedade, como, por exemplo, de rezar o terço, de ter acesso ao sacramento da Penitência e de expor publicamente os ensinamentos da Santa Igreja, preferindo a isso a preguiça, a impenitência e a covardia – enquanto milhares de pessoas mundo afora dariam tudo para terem a liberdade que temos e usá-la para a maior glória de Deus.

Quanto à perseguição, é claro que o Ocidente não está isento dela.

Se em muitos lugares os católicos dão seu sangue pela Fé, em outros lugares dos autênticos católicos é exigido o martírio espiritual, do instinto de sociabilidade, ao ter que recusar, para se manter fiel à prática da moral católica, a participar dos costumes e da vida pecaminosa do mundo de hoje, com as pessoas entregue às suas paixões desordenadas, ao roubo e ao adultério.

As imagens impressionantes de cristãos mortos no Oriente não passam de manifestação externa de um ódio que já está no coração de muitas pessoas no Ocidente.

Quando “artistas” se pensam “esclarecidos” fazendo chacota da religião, cuspindo na Cruz pela qual fomos redimidos e abusando dos sacramentos e verdades fundamentais da fé católica, já são cúmplices morais das perseguições físicas perpetradas contra os cristãos. As suas agressões verbais já são o tortuoso caminho que conduz às perseguições físicas e abertas àqueles que efetivamente praticarem a fé cristã.

No entanto, não podemos desanimar. Devemos confiar nas palavras de Nossa Senhora em Fátima, “Por fim meu Imaculado Coração triunfará”.  Estamos vivendo uma terrível hora de castigos.

Mas esta hora também  pode ser uma admirável hora de misericórdia. A condição para isto é que olhemos para Maria, a Estrela do Mar, que nos guia em meio às tempestades. Nossa Senhora há de nos socorrer.

Como o mundo não se converteu e não atendeu às advertências feitas por Nossa Senhora em Fátima, o tremendo castigo está se desencadeando sobre a humanidade. Mas, no fim, o Reinado do Imaculado Coração se estabelecerá no mundo.

Fonte: baseado em padrepauloricardo.org/blog/

“VIVER PARA SEMPRE”

26, julho, 2013 7 comentários

A revista GALILEU, maio 2006, traz uma reportagem com o título acima, a qual expõe como a medicina e a tecnologia contemporânea, se esmeram ao tentar proporcionar ao homem a imortalidade corporal, substituindo tecidos desgastados pela velhice ou a moléstias, seria dado ao ser humano prolongar indefinidamente a sua vida neste mundo.
.
A notícia talvez desperte um sorriso complacente em alguns leitores; escapar da morte física e gozar de bons momentos na vida presente talvez sejam promessas que satisfaçam a certas pessoas. Outras, porém, preferirão refletir um pouco sobre o assunto. É o que vamos fazer.
.
Os bons períodos da vida neste mundo são fugazes e sempre ameaçados por fatores contrários. O filósofo Aristóteles (+322 a.C), que contava apenas com esta vida, julgava ser raro lograr felicidade neste mundo; com efeito, a bem-aventurança na vida presente requer saúde, suficiência de bens materiais, apoio de amigos, elementos que dificilmente se conjugam.
.
Donde a pergunta: não haveria, para o ser humano, dotado de nobres aspirações congênitas à Verdade, ao Amor, à Justiça, à Vida, uma resposta mais densa do que a passageira felicidade deste mundo?
.
Existem, na verdade, aqueles que comparam a amplidão de seus anseios inatos com a estreiteza dos bens materiais, e em consequência julgam que a Natureza (ou melhor: o Criador), que fez o homem tão irrequieto, deve ter preparado para ele algo mais pleno e cabal.
.
A fé confirma esta conclusão e nos diz que o homem pode aspirar “ao que o olho não viu, o ouvido não ouviu e o coração do homem jamais percebeu” (1Cor 2, 9).
.
A fé explana a realidade do homem em termos grandiosos: cada um(a) de nós é uma ideia de Deus, concebida pelo Pai desde toda a eternidade, criada em carne e osso no tempo oportuno e posta na terra para desenvolver suas potencialidades e chegar à plena estatura; quando o Pai o julgar conveniente Ele chamará esse(a) filho(a) de volta ao seu regaço para usufruir da bem-aventurança do próprio Deus (e não apenas a que valores transitórios podem comunicar).
.
Esse olhar dilatado possibilita-nos dizer à semelhança de Cristo: “Saí do Pai e vim para o mundo; de novo deixo o mundo e vou para o Pai” (Jo 14, 28). O nosso tempo está prenhe de eternidade; procede da eternidade, sente os apelos dela e volta para a eternidade. Não queira o cristão contentar-se com menos do que isto.
.
E a morte, que causa tanta repulsa? – A repulsa natural é superada pela convicção de que após Cristo a morte se tornou Páscoa, isto é, passagem,… passagem do provisório para o definitivo, do mundo dos bens finitos para a Fonte rica de todos os bens. Quem vive com Cristo, morrerá como Cristo morreu, numa entrega total ao Pai, que recebe a criatura no oceano da sua vida.
.
Conscientes disto, muitos Santos, em vez de repelir a morte, desejaram-na ansiosamente como entrada na Vida, uma vez terminado o preâmbulo terrestre. Tal foi o caso de Santo Antão (+356), que deixou o deserto para tentar sofrer o martírio em Alexandria; Santa Teresa de Ávila (+1582) exclamava: “Morro porque não morro!”.
.
Possam estas verdades despertar nos leitores a consciência de que já são imortais não no plano do finito (que é pequeno demais para saciá-los), mas no plano do infinito, para o qual foram feitos!
.

medalha nova
Fonte: Revista Pergunte e responderemos. ed. 530

Categories: boletim Tags: ,

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Você vai perder mesmo a chance de ter Jesus em sua casa? Leia Mais +
  • Por que a sabedoria de Jesus é mais importante do que a ciência humana? Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade