Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube Instagram

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Semana Santa’

O Convite do Sagrado Coração de Jesus Para Viver a Semana Santa

18, abril, 2019 3 comentários
Ressurreição do Coração de Jesus, Fra Angelico

Ressurreição de Jesus, Fra Angelico.

A Semana Santa representa a entrada triunfal do Coração de Jesus. Ali ficou marcado o Reino do Filho Unigênito de Deus sobre o pecado.

“…eu o ressuscitarei no último dia”, Jo 6,54.

Neste período é quando temos de abrir nossas mentes e corações para Aquele que se sacrificou por nós.

Devemos mentalizar a Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo.

É o momento em que conseguimos elevar o nosso grau de espiritualidade.

Nas aparições a Soror Josefa Menendez, 1920, no período pascal, Nosso Senhor convida-a para viver a mesma dor.

Porém, Ele diz que muitos homens não abrem mão de si mesmo.

O sofrimento do Coração de Jesus transparece nas violências do nosso tempo; armas, acidentes de trânsito, doenças e etc…

“É melhor sofrer praticando o bem do que pelo mal.”

Jesus em sua trajetória demonstrou que sofrer pelo próximo é algo fundamental para vivermos eternamente no Reino dos Céus.

Os pastorinhos de Fátima viveram neste tempo, mesmo fora dele. Após as revelações de Nossa Senhora, aceitavam os próprios sofrimentos, dores e ofereciam pela conversão dos pecadores.
.

“E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo.

Se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.

Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.”

.
Deus nos chama a ser participantes dos sofrimentos de Cristo que nos convida a viver a Vossa vida, segundo a Vossa vontade.

No mundo encontramos tentações e vícios que nos farão perder a graça de morrer no Coração de Jesus;, por isso vivermo para Vós somente. E não devemos ter dúvidas, como Tomé teve no momento em disseram que o Salvador havia ressuscitado:

 “Por que estais perturbados e por que surgem tais dúvidas em vosso coração? Vede minhas mãos e meus pés: sou eu! Apalpai-me e vede”.

E Agostinho comenta: “Acaso já tinha ascendido ao Pai quando dizia: ‘Apalpai-me e vede’?

Após sair da sepultura Jesus deixa-se tocar por seus discípulos, ou melhor, não apenas tocar, mas apalpar, para dar um fundamento à fé na realidade de sua carne, na realidade de seu corpo.

A presença de Jesus após sua morte era a manifestação salvífica definitiva de Deus, inaugurando uma nova rota na História humana; A Salvação de todos. 

A revelação pascal tinha conteúdo bem determinado com implicações maravilhosas.

No Coração de Jesus encontramos uma Fonte de Misericórdia que cumulou durante décadas toda a humanidade.

Quando Cristo deixou que tocassem o símbolo do Amor Divino a renovação do homem para a Glória de Deus, assim como afirma dom César Franco:

“No coração de Cristo, aberto, você não verá agora a glória de Deus, mas vai escutar o coração de Deus bater, a força de Deus, o amor infinito de Deus”.

“Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna e eu o ressuscitarei no último dia”


Inscreva seus pedidos na Celebração mais importante do Ano; Santa Missa de Páscoa, ligue para:

0800 608 2126

Peça a um colaborador para registrar seus pedidos de oração!

Categories: boletim Tags:

Oração do Coração de Jesus ensinada á Soror Josefa Menendez para a Semana Santa

17, abril, 2019 2 comentários

Em 28 de Março de 1923, 2 dias antes da Páscoa, Nosso Senhor Jesus revela-se a Soror Josefa Menendez e a convida para essa oração:

soror Josefa Menendez religiosa

“Josefa, vem Me contemplar no doloroso caminho do Calvário.
Adora meu Sangue derramado e oferece-O ao Pai celeste. pela salvação das Almas”.

.
Ó Meu PAI! Ó PAI Celeste!

Vede as Chagas de Vosso Filho e dignai-Vos recebê-las a fim de que as almas se abram à Vossa Graça.

Os pregos que traspassaram Suas Mãos e Seus Pés traspasse os corações endurecidos,

Seu Sangue os cubra e os mova ao arrependimento.

O peso da Cruz sobre os ombros de JESUS, Vosso Divino Filho,

obtenha que as almas descarregam seus crimes no Tribunal da Penitência.

Ofereço-Vos, ó PAI Celeste,

a Coroa de espinhos de Vosso Filho bem-amado. Pela dor que ela Lhe causou,

fazei que as almas se deixem penetrar com verdadeira contrição de seus pecados.

Ofereço-Vos, ó Meu PAI,

ó DEUS de Misericórdia, o abandono de Vosso Filho sobre a Cruz,

Sua sede e todos os Seus tormentos,

a fim de que os pecadores encontram consolo e paz na dor de suas faltas.

Ó DEUS cheio de compaixão,

em nome da perseverança com a qual JESUS CRISTO,

Vosso Divino Filho, Vos rogo por aqueles que O crucificavam,

peço-Vos, suplico-Vos concedais às almas o amor do próximo e a perseverança no bem.

E assim como os tormentos de Vosso Filho bem-amado terminaram na bem-aventurança sem fim,

assim também sejam os sofrimentos das almas que fazem penitência;

eternamente coroadas com a recompensa da Vossa Glória.

Amem.
.

Reza-se ainda: 1 Pai-nosso; 1 Ave-Maria e 1 Glória, nas intenções do Sumo Pontífice, para alcançar as indulgências desta santa devoção.

Menendez, Josefa. Apelo ao Amor -Mensagem do Sagrado Coração de Jesus a sua mensageira, 1890-1923.


.
O Coração de Jesus convida à todos para partilhar a sua trajetória até o Calvário.
Inscreva seus pedidos na Santa Missa de Páscoa e responda ao convite do Sagrado Coração. Ligue para…

0800 608 2126
Se estiver no celular, tecle sobre o número que será discado automaticamente

Sexta-feira Santa, o dia da morte de Cristo. Veja o que todos devem refletir no dia de hoje.

30, março, 2018 Sem comentários
Nosso Senhor Jesus Cristo sendo Crucificado.

Nosso Senhor Jesus Cristo sendo Crucificado.


.
Da condenação de Jesus e subida ao Calvário.

.
P
ilatos, com medo de perder as boas graças de César, depois de haver declarado tantas vezes a inocência de Jesus, condenou-o finalmente a morrer crucificado.

Ó meu inocentíssimo Salvador, que delito cometestes para serdes condenado à morte? pergunta S. Bernardo, e responde:

.
O vosso pecado é o vosso amor. O vosso pecado é o grande amor que nos tendes, é ele que mais do que Pilatos vos condena à morte.

.
Lê-se a iníqua sentença. Jesus a escuta e todo resignado a aceita, submetendo-se à vontade do eterno Padre, que o quer ver morto e morto na cruz por nossos pecados:

.
“Humilhou-se a si mesmo, fazendo-se obediente até à morte de cruz” (Fl 2,8).

.
Ah, meu Jesus, vós aceitastes inteiramente inocente a morte por meu amor; eu, pecador, por vosso amor, aceito a morte quando e como vos aprouver.

Lida a sentença, precipitam-se com fúria sobre o inocente cordeiro, impõem-lhe novamente suas vestes e apresentam-lhe a cruz feita com duas toscas traves.

Jesus não espera que lha imponham, ele mesmo a abraça, beija-a e coloca-a sobre seus feridos ombros, dizendo:

.
“Vem, minha querida cruz, há trinta anos que eu te busco; quero morrer por ti por amor de minhas ovelhas”.

.
Ah, meu Jesus, que podíeis fazer ainda para obrigar-me a vos amar? Se um criado meu se tivesse oferecido unicamente a morrer por mim, teria conquistado todo o meu amor.

Como, pois, pude eu viver tanto tempo sem vos amar, sabendo que vós, meu sumo e único senhor, morrestes por mim? Eu vos amo, ó sumo bem, e, porque vos amo, arrependo-me de vos ter ofendido.

.

Nosso Senhor após ser flagelado.

Contempla o Salvador que vai morrer por ti

Os condenados deixam o tribunal e se dirigem para o lugar do suplício: entre eles se acha também o rei do céu com a cruz às costas:

“E carregando sua cruz se encaminhou para o lugar que se chama Calvário” (Jo 19,17).

Saí também vós do paraíso, ó serafins, e vinde acompanhar o vosso Senhor que sobre o Calvário para ser crucificado.

.
.
.
.
Ó espetáculo! Um Deus que vai ser crucificado pelos homens! Minha alma,contempla o teu Salvador que vai morrer por ti.

Vê como está com a cabeça curvada, com os olhos trêmulos, todo coberto de feridas, escorrendo sangue com aquele feixe de espinhos na cabeça e aquele pesado madeiro sobre os ombros.

Ó Deus, com que dificuldade caminha ele, parecendo que vai expirar a cada passo que dá. Ó Cordeiro de Deus, aonde ides? Vou morrer por ti.

.
Quando me vires morto, recorda-te do amor que te mostrei e ama-me.

.
Ah, meu Redentor, como pude viver até agora esquecido do vosso amor? Ó pecados meus, vós haveis amargurado o coração de meu Senhor, esse coração que tanto me amou.

Ó meu Jesus, arrependo-me da injustiça que vos fiz, agradeço-vos a paciência que tendes tido comigo e vos amo: amo-vos com toda a minha alma e só a vós eu quero amar.

.
Recordai-me sempre do amor que me consagrastes, para que eu nunca mais deixe de vos amar.

.
“…tome a sua cruz todos os dias, e siga-me”.

.
Jesus Cristo sobe o Calvário e nos convida a segui-lo.

.
Sim, meu Senhor, vós, inocente, ides adiante com a vossa cruz; pois bem, caminhai, que eu não vos abandonarei.

Enviai-me a cruz que quiserdes, que eu a abraço e com ela quero acompanhar-vos até à morte.

.
Quero morrer juntamente convosco, como vós morrestes por mim.

.
Vós me mandais que eu vos ame e eu nada mais desejo senão amar-vos.

Meu Jesus, vós sois e sempre haveis de ser meu único amor. Ajudai-me a vos permanecer fiel. Maria, minha esperança, rogai a Deus por mim. 

.

.
Fonte: Do livro “Reflexões sobre a Paixão de Jesus Cristo, expostas às almas devotas” de Santo Afonso de Ligório.

.

*  *  *

.
botao-oferta-aascj

Quinta-feira Santa! Uma meditação sobre a traição de Judas e a nossa. Veja.

29, março, 2018 Sem comentários
Nosso Senhor é traído por Judas com um beijo.

Nosso Senhor é traído por Judas com um beijo.


.
“Convém que morra um homem pelo povo e que não pereça toda a nação” (Io. 11, 50). 

.
T
endo os iníquos pontífices decretado a morte de Jesus Cristo, tiveram grande satisfação ao ver que Judas, um dos discípulos, se oferecia a traí-Lo e entregar-Lho nas mãos.

O Senhor conhece perfeitamente a felonia de Judas e todavia não deixa de tratá-lo como amigo na mesma forma que de antes;

.
Olha-o com benevolência, não recusa a sua companhia e chega a prostrar-se-lhe aos pés para os lavar.

.
Ó inefável benignidade! Que belo exemplo para nós, se o quisermos aproveitar! 

 

I.

No mesmo tempo em que Jesus andava derramando graças e fazendo milagres para benefício de todos, reúnem-se os primeiros personagens da cidade de Jerusalém a fim de tramarem a morte do Autor da vida.

Refere São João que se ajuntaram os pontífices e os fariseus em conselho e diziam: Que fazemos nós? Este homem faz muitos milagres; se o deixamos assim livre, todos crerão nele.

.
Mas um deles, por nome Caifás, respondeu que lhes convinha que um homem morresse pelo povo, e não perecesse a nação toda.

.
“E desde aquele dia”, diz o mesmo São João, “pensavam em como haviam de o fazer morrer.” — Ah, Judeus! Não temais;.

 

Nosso Senhor é levado para a prisão!

Nosso Senhor é levado para a prisão!

Vosso Redentor não fugirá, porquanto veio à terra exatamente para morrer;

E pela sua morte livrar-vos a vós e a todos os homens da morte eterna. 

Entretanto Judas apresenta-se aos pontífices e diz:

.
.
.
.
Quid vultir mihi dare, et ego vobis eum tradam?
 “Que me quereis dar, e eu vô-Lo entregarei?”

Oh! Que alegria deviam sentir os Judeus, pelo ódio que devotavam a Jesus Cristo, ao verem que um dos seus discípulos o queria trair e entregar-Lho nas mãos!

Consideremos nisso o júbilo que, por assim dizer, reina no inferno, quando uma alma, depois de servir a Jesus Cristo por muitos anos, vem a traí-Lo por qualquer miserável bem ou vil satisfação. 

Mas, ó Judas, já que estás resolvido a vender o teu Deus, exige pelo menos o preço que Ele vale. É um bem infinito, merecedor portanto de um preço infinito.

Porque, pois, concluis o negócio por trinta dinheiros? At illi constituerunt ei triginta argenteos. “E eles prometeram-lhe trinta dinheiros de prata”.

.
Minha alma, deixa Judas, e fixa em ti mesma os teus pensamentos. Dize-me, por que preço vendeste tu mesma tantas vezes a graça divina ao demônio? 

.
Ah, meu Jesus, quantas vezes Vos virei as costas, e a Vós preferi um capricho, um empenho, um prazer passageiro e vil! Sabia que, pecando, perdia a vossa amizade e voluntariamente a troquei por um nada.

.
Tivesse morrido antes de fazer-Vos tão grande ultraje! Ó meu Jesus, arrependo-me de todo o coração e quisera morrer de dor.

 

II.

Contemplemos agora a benignidade de Jesus Cristo, que, sabedor do ajuste feito por Judas, contudo, vendo-o, não o repele de si, nem o olha com maus olhos;

Admite-o em sua companhia, e ainda à sua mesa; repreende-o pela sua traição com o único intuito de chamá-lo à resipiscência;

.
E vendo-o obstinado, chega a prostrar-se diante dele e a lavar-lhe os pés para desta arte o enternecer. 

.
Ah, meu Jesus, é assim também que fizestes comigo. Eu Vos desprezei e traí, e não me repelis; não deixais de olhar-me com amor, e me admitis à vossa mesa da santa comunhão.
.
O Remorso de Judas o traidor!

O Remorso de Judas o traidor!

Meu amado Salvador, nada mais podeis fazer para me obrigar a Vos amar.
.
E eu terei ânimo de continuar a ofender-Vos e pagar-Vos com a minha ingratidão?

.
Não, meu Deus, não quero mais abusar da vossa misericórdia.

Agradeço-Vos a luz com que me iluminais e prometo que mudarei de vida.

Vejo que já não me podeis suportar mais tempo.

.
.
Porque, pois, esperarei até que Vós mesmo me mandeis ao inferno, ou me abandoneis em minha vida de perdição, castigo este maior do que a própria morte? 

.
Meu Jesus, eis que me prostro aos vossos pés. Peço-Vos perdão das ofensas a que Vos fiz e rogo-Vos que me recebais em vossa graça.

.
Quem me dera poder recomeçar os anos passados; quisera empregá-los unicamente em vosso serviço, ó Senhor meu.

Os anos, porém, não voltam mais; por piedade, fazei ao menos que empregue o que me resta de vida, unicamente em amar-Vos e fazer que outros também Vos amem.

.
Ó grande Mãe de Deus e minha Mãe Maria, socorrei-me com a vossa intercessão, pedi a Jesus que me faça todo seu.

.
Peço-vos esta graça pela parte que tomastes na Paixão de vosso divino filho
. (I 603.) 

.
.
Fonte: Do livro de Santo Afonso Maria de Ligório. Meditações: Para todos os Dias e Festas do Ano: Tomo Primeiro: Desde o primeiro Domingo do Advento até Semana Santa inclusive. Friburgo: Herder & Cia, 1921, p. 377-379.

.
.

*  *  *

.
botao-oferta-aascj

DOWNLOAD GRATUITO – Meditação da Via Sacra. Não deixe de rezar conosco nestes dias às 15 hrs!

28, março, 2018 Sem comentários
Faça o download gratuitamente

Faça o download gratuitamente

.
Queridos devotos do Sagrado Coração de Jesus,


Nesta Quarta-Feria Santa, nossa associação convida à todos seus amigos e benfeitores à participarem deste momento de profunda oração nestes dias que antecedem a Paixão de Nosso Senhor.

Por isso não deixe de fazer o DOWNLOAD desta Meditação da Via Sacra e rezar conosco, nossos mosteiros e conventos.


Clique aqui e participe!

.
*  *  *

.
.
botao-oferta-aascj

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Coração de Jesus, o Desejado das Colinas Eternas Leia Mais +
  • Como ser um bom católico – Dica 14: Como ler as Sagradas Escrituras Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade