Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube Instagram

Aprenda a fazer o Sinal da Cruz corretamente

Sinal da Cruz 1 - Imagem Destacada

.

SINAL DA CRUZ: Conheça a história e a forma correta de fazê-lo

.

Os primeiros registros da prática do sinal da cruz estão no escrito De corona militis de Tertuliano. O texto diz:

.

“Em cada caminhada e movimento, em cada entrada e saída, no vestir, no calçar, no banho, no estar à mesa, no acender as luzes, no deitar, no sentar, no lidar com qualquer ocupação, marcamos a testa com o sinal da cruz” (3,4. PL 2, 80A).

.

Tertuliano apresenta algo que já era costume na Igreja, por volta do início do século III.

.

No Livro de Ezequiel (Ez 9,4), o profeta tem uma visão de Deus falando ao anjo: “passa no meio da cidade, no meio de Jerusalém e marca com um Tau (sinal da cruz) na testa dos homens que gemem por tantas abominações que nela praticam”. O sinal, fundamentado da Bíblia, não demorou para ser reconhecido pela Igreja como sinal da cruz de Cristo.

.

O Sinal da Cruz tomou uma característica marcadamente militante na batalha dos verdadeiros católicos contra os defensores da doutrina monofisista (hereges que diziam que em Nosso Senhor Jesus Cristo havia uma só natureza).

.

Os bons católicos, para atestar a fé de que em Jesus existem duas naturezas (divina e humana), passaram a fazer o sinal da cruz com dois dedos e ampliaram o sinal, para explicitar melhor a união de Nosso Senhor com as três Pessoas da Santíssima Trindade.

.

A Simbologia do Sinal da Cruz

.

O Sinal da Cruz passou a ser feito, então, da testa ao peito; do ombro esquerdo para o direito, com os dois dedos. Passados os anos, com a intenção de simbolizar a Santíssima Trindade, os cristãos traçavam o sinal da cruz com três dedos e dois recolhidos, lembrando as duas naturezas de Cristo. A riqueza deste sinal fez com que este se estendesse por toda a Idade Média.

.

O Papa Inocêncio III (de 1534 a 1549) escreveu sobre o assunto e explicou como o sinal da cruz deveria ser feito pelos católicos:

.

“O sinal da cruz deve então ser feito com três dedos, pois ele assinala a invocação da Trindade; a respeito da qual disse o profeta: ‘quem pendurou com três dedos a massa da terra?’ (Isaías 40,12).

.

É assim que se desce do alto para baixo, e da direita se passa à esquerda, pois Cristo desceu do céu à terra e dos Judeus passou para os gentios.

.

Alguns [sacerdotes], porém, fazem o sinal da cruz da esquerda para a direita, pois devemos passar da miséria para a glória, assim como Cristo passou da morte para a vida e do inferno para o paraíso, para que eles assinalem a si mesmos e os outros uma só direção”.

.

Atualmente a legislação canônica relativa ao Sinal da Cruz está contida no Cerimonial dos Bispos. Na nota de nº 81, no número 108, a cerimônia da Santa Missa, diz: “Ao benzer-se, volta para si a palma da mão direita com todos os dedos juntos e estendidos, faz o sinal da cruz da fronte ao peito; do ombro esquerdo ao direito”.

.

A simbologia nesta forma de fazer o Sinal da Cruz está na representação das chagas de Cristo. “Os cinco dedos estendidos representam as cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, que são o sinal da cruz. Cristo, com a sua cruz, tira toda a condenação do homem (por isso, da esquerda para a direita).”

.

.
Como termina o Sinal da Cruz?

.

Sobre a maneira que se deve finalizar o sinal da cruz, o correto é fazê-lo com as mãos juntas ou postas (quando se diz “Amém”).

.

O sinal da cruz é um sacramental. Os sacramentais são certas práticas de piedade com alguma analogia com os Sacramentos.

.

Os sacramentais indicam a ação invisível de Deus e da sua graça em nossas almas e podem alcançar-nos o perdão das faltas veniais e o aumento da graça santificante, de conversão e de salvação, dependendo das disposições de fé e piedade de quem os pratica. Exemplos de sacramentais: alguma oração pública, o sinal da cruz, a água benta, o pão bento, o sal bento, esmola, etc.

.

Com os sacramentais não só expiamos (reparamos) a pena temporal devida às nossas faltas, mas adquirimos méritos maiores e avivamos em nós a devoção e a piedade, que nos mantêm, por intercessão de Nossa Senhora, mais unidos a Nosso Senhor Jesus Cristo.

.

Fonte: O Anunciador


Existe proteção maior do que a de Nosso Senhor Jesus Cristo?

.

Sagrado-Coração-de-Jesus - 11

.

ACESSE AQUI e saiba como receber o Escudo do Sagrado Coração de Jesus em sua casa!

.

escudo

.

Que o Escudo do Coração de Jesus seja sua defesa contra os ataques de tudo que tentam desviar você do caminho divino.

.

“Que diremos depois disso? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”
Romanos 8-31

.


Livro de Missas

.

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.

Você também gostará der ler...

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Por que a sabedoria de Jesus é mais importante do que a ciência humana? Leia Mais +
  • Padre Pio: um dos mais milagrosos santos de todos os tempos Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade

Voltar aos Posts