Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube Instagram

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Criação de Deus’

Uma explicação muito interessante que você certamente nunca ouviu sobre os gatos. Confira e comprove.

25, junho, 2018 Sem comentários
Os gatos um representante do reino animal imensamente interessante.

O gato um representante do reino animal imensamente interessante.


.
O gato é um animal muito interessante. Ele representa a preocupação despreocupada:


A
nda com ar de quem não tem nada a ver com aquilo que o circunda. Mas, de vez em quando, deita um olho para ver se tudo está em ordem e seguro.

Ele não escorrega nunca, jamais cai. E se o derrubam, sempre cai de pé.

Vale a pena observá-lo, sobretudo quando ele é novinho. Na medida em que o bichano vai ficando mais maduro, sua velhacaria não tem nome.


O gato parece-me muito expressivo. É o símbolo do diplomata entre os animais.

.

Olhar dos gatos

O olhar penetrante e vivo dos gatos.

Há gatos lindos, com felpos muito bonitos.

Os olhos dos gatos em geral são belos. Mesmo quando meio vira-latas, com uns olhos verdes com tom de uva ordinária, ainda assim eles são interessantes.

Alguém me dirá: “Mas o Sr. não o considera um animal antipático?”

Respondo: “Nem por isso eu deixaria de reconhecer que ele é interessantíssimo.”

.
.
.
Gato vira-lata e gato educado. Cada um deles apresenta o seu interesse próprio


O gato vira-lata, de telhado, como que ostenta espírito de um D’Artagnan. Ele pula, ele se quebra e só não fica caolho. O resto, tudo acontece com ele.

Como, por exemplo, num velho lobo do mar fica aquela fisionomia de quem enfrentou todos os mares, também assim o gato vira-lata enfrenta todas as noites, com suas incertezas.


Pelo contrário, o gato bem arranjado, de casa, é muito educado, limpo, embora falso. Ele finge ser amigo de quem o alimenta…


É inegável que o conjunto dessas características torna o gato um representante do reino animal imensamente interessante.

.
.
Fonte: www.adf.org.br Profº Plinio Corrêa de Oliveira.

.
*  *  *

.

Tenha seu nome inscrito em mais de 60 Missas por ano.

Receba inúmeras graças e bênçãos em sua vida.

Não deixe essa oportunidade passar, clique na imagem abaixo e confira.

.
.

botao_09

.

.

Categories: boletim Tags:

O que o vôo do Falcão pode nos ensinar sobre a Virtude da Fortaleza? Descubra.

11, maio, 2018 Sem comentários
O vôo do Falcão.

O vôo do Falcão.


.
Plinio Corrêa de Oliveira


.
O falcão tem uma capacidade de vôo que parece desproporcionada para seu tamanho: vôo retilíneo, indicando total ausência de medo.

.
E
le ataca e agarra com toda segurança sua presa. Sua larga visão precede a ação, por isso ele não hesita. Isto nos dá uma idéia de qualidades morais próprias do homem.

É belo considerar um homem que discerne de longe o adversário.

É bela a alma do homem que, tendo visto o inimigo da Igreja, investe sobre ele sem nenhuma vacilação e no momento oportuno, com uma proeza semelhante à do falcão cortando os espaços.

É metafisicamente bela a causa que desfecha na ação, e também a ação precedida do jogo da inteligência.

.
No caso do falcão, sua vista é o símbolo da inteligência aguda que perscruta ao longe.

.
O falcão só possui instinto animal, mas sua ação de atacar e conquistar a vitória, depois voltar fiel e pacífico para junto de seu dono;

É uma imagem da vontade humana que realiza o que a inteligência mostrou, e depois repousa.

Falcão com suas imponentes asas abertas.

É nobre e metafisicamente bela a tranqüilidade do homem que cumpriu o que deveria ser feito, empregando todas as suas qualidades;

Pois é belo a causa produzir o efeito e este desenrolar-se segundo as leis de sua própria natureza, até seu último extremo.

.
.
.
.
.
.
É também bela esta forma de temperança que leva a causa a produzir todo o efeito desejado, e encontrar seu repouso ao terminar a ação.

.
Tudo isto é metafisicamente belo, e poder-se-ia dizer que é divinamente belo.

Quando nos referimos à ação que obedece à inteligência, não se trata de uma idéia abstrata, mas constitui imagens de Deus.

.
São realidades cuja beleza não é senão um espelho da beleza divina, a qual vamos contemplar por todos os séculos dos séculos na glória d´Ele;

.
Se até lá nos levar, como esperamos, a mão misericordiosa de Nossa Senhora.

.
.
Fonte: http://bit.ly/1UWpmxd

.
*  *  *

Você quer receber os melhores e exclusivos Conteúdos Católicos, Orações, Mensagens antes de todo mundo? É GRÁTIS e terá seu nome inscrito em uma Santa Missa.

.
.
Então clique AQUI e descubra como!

.
.

 

O sorriso de Deus é transmitido pelo pequeno esquilo. Veja e entenda.

9, maio, 2018 Sem comentários
Graciosidade do esquilo

Graciosidade do esquilo


.
Plinio Corrêa de Oliveira

.

O esquilo é um brinquedinho que Deus criou para o homem.

.
P
ara fazê-lo sorrir e ficar encantado. Uma maravilha de delicadeza, de leveza! Um sorriso de Deus, que leva o homem a sorrir!

Aquela cauda linda do esquilo dá a ele mais ou menos o perfil de uma chaleira ou de uma cafeteira, com uma linda alça, uma verdadeira beleza, gestos encantadores.

No hemisfério norte, durante o inverno, os esquilos costumam ir comer nas janelas de pessoas que põem uns grãozinhos para eles se alimentarem, são comestíveis do tipo de avelãs, nozes, amêndoas etc.

Diante dessas guloseimas, eles escolhem para comer primeiro o que há de melhor.

 

Os esquilos sempre estão atentos a tudo

.
.
É encantador observar o jeitinho deles, olhando para ver se colocam comida na janela e, quando não tem, eles chegam a bater com as patinhas nas janelas.

Nisso, os homens contemplam uma maravilha de Deus, que criou esses entes para fazê-los sorrir em meio a tantas outras coisas que os preocupam.

.
.
.
.
O mesmo Deus que Se encarnou, que sofreu aquela terrível morte, e que pede que tenhamos aquelas dores d’Ele continuamente presentes no espírito, é o Deus que criou os esquilos para sorrirmos.

.
Na liturgia da Semana Santa canta-se o “Stabat Mater”: 

“Fac me tecum pie flere, crucifixo condolere, donec ego vixero” (Oh! Dá-me enquanto viver, com Cristo compadecer, chorando sempre contigo).

Contemplando a Sagrada Paixão, Deus deseja que nossas almas chorem, com a delicadeza própria a Deus, mas Ele, ao mesmo tempo, quer que elas sorriam.

.
Assim, depois do exemplo magnífico e faustoso de sua Morte, Ele nos diz: “Meu filho, agora pare um pouco, sorria de modo saudável e reto.

.
Olhe o esquilo, veja como é engraçadinho… Olhe a formiga no formigueiro, veja como é diligente… Olhe o ninho de passarinho como é gracioso…”

.
.
Fonte: catolicismo.com.br

.
*  *  *

.
bt_oferta_ASC-3

A Criação em dois exemplos: a rosa e a orquídea. Surpreso? Você ficará depois de ler!

29, janeiro, 2017 Sem comentários

 

.

Para meu gosto pessoal, a duas flores eu dou a primazia.


A primeira evidentemente é a rosa. Uma rosa perfeita e acabada é uma glória, uma beleza, uma maravilha, uma ordenação como não há igual.

Depois das rosas — é uma opinião ainda mais pessoal — elejo as orquídeas.

É um tipo de flor que viceja maravilhosamente no Brasil, mas, pelo que ouvi dizer, floresce ainda mais belamente na Colômbia.

É um gênero de beleza profundamente diferente da rosa.


A rosa traz consigo o esplendor da ordem. Suas pétalas postas em ordem obedecem a um raciocínio.

Nela não há nada de previsto, não é planificada. Mas dir-se-ia que um poeta a planificou.


Deus Nosso Senhor a planejou, a destinou.

Tudo nela é ordenado, estabelecido, arranjado. Ela exala o perfume que é conforme à sua forma de beleza — da ordem prevista, racional e explícita.

Ela é uma soberba explicitação do conceito de beleza.

Isto não se pode dizer da orquídea.


A orquídea é rara e singular.


Ela prega surpresas, suas pétalas se movem quase como num balé vegetal.

Movem-se em direções inimagináveis, que se compõem em torno da parte central e variam de flor para flor.

A parte central da orquídea é sempre de uma beleza magnífica e surpreendente.

Por exemplo, brancas na orla e depois de um vermelho e de um roxo aprofundado e que chega até a uma parte misteriosa dentro;

Onde se tem a impressão de que há um vermelhíssimo sublime que não se mostra, por uma espécie de recato.


É próprio às coisas verdadeiramente muito superiores a não se exibirem; enquanto as coisas charlatanescas se exibem.


Há formas de orquídeas incomparáveis, mas todas com a beleza do fantasioso, do inesperado, de uma alta distinção;

Que parece dizer a quem as vê: “Confessa que tu não me imaginavas e que eu sou muito superior a tudo quanto tu pensavas”.

Há um quê de “não me toques” na orquídea, que faz parte de outra família de beleza. 

Não é a beleza de desordem, mas dessas formas superiores de ordem, que o raciocínio não constrói e que só a fantasia sabe compor.

Isto está muito de acordo com o espírito das nações latino-americanas e que eu creio que são, sobretudo;

Na forma de espírito de duas nações psicologicamente muito parecidas: Brasil e Colômbia.

Às vezes, quando eu ouço contar de “colombiadas”, eu me lembro de “brasileiradas”.


O capricho, o inesperado, o entusiasmo; também, às vezes, o ressentimento, a vingança;

Conforme a ocasião a violência, mas seguida logo depois de uma reconciliação afetuosa.


Todo este vai-e-vem temperamental, eu vejo de comum entre o brasileiro e o colombiano.

E ali está a orquídea a marcar dessa maneira as peculiaridades do espírito dos povos que a Providência suscitou.

.
.
Fonte: http://www.adf.org.br/

.

*   *   *

.

.

Inscreva todos os seus pedidos direto no livro de Missas.

Clique na imagem abaixo e veja como é fácil, você poderá pedir por todas as graças e bênçãos que precisar.

.
.
botao_05.
.


Existe um lugar onde é possível alcançar a felicidade perfeita, veja: (Parte II)

26, janeiro, 2016 Sem comentários

No céu não somente nada há que desagrade, mas encontra-se tudo quanto se possa desejar.


.

Continuação do post anterior… http://www.aascj.org.br/home/?p=37297
.
Totum est quod velis.
No céu não somente nada há que desagrade, mas encontra-se tudo quanto se possa desejar.

Ali tudo é novo e saciará os nossos desejos: Ecce nova facio omnia – Eis que faço novas todas as coisas.

Os olhos se deslumbrarão com a vista daquela cidade, cuja beleza é perfeita.

Que maravilha não nos causaria a vista de uma cidade cujas ruas fossem calçadas de cristal, cujas casas fossem palácios de prata, ornados em cimalhas de ouro e de festões de flores.

Oh, quanto mais bela ainda é a cidade celeste!

Que delicioso não será ver todos os seus habitantes vestidos com pompa real, porque todos efetivamente são reais, como os chama Santo Agostinho: Quot cives, tot reges!

Que será o ver a Maria, que aparecerá mais bela que todo o paraíso! Que será o ver o Cordeiro Divino.

Um dia Santa Teresa viu apenas uma mão de Cristo, e ficou arrebatada em êxtase é vista de tão grande beleza.

Os perfumes suavíssimos e incomparáveis do paraíso regalarão o olfato. O ouvido será deleitado pelas harmonias celestes.

Um anjo deixou um dia ouvir a São Francisco um único som da música celeste, e o Santo julgou morrer de contentamento.

O que não será ouvir todos os santos e todos os anjos cantarem em coro os louvores de Deus? In saecula saeculorum laudabunt te – Eles te louvarão pelos séculos dos séculos.

O que não será ouvir Maria celebrar as glórias de Deus!

A voz de Maria, diz São Francisco de Sales, é no céu o que é num bosque a do rouxinol, que vence a de todas as aves. Numa palavra, o paraíso é a reunião de todos os gozos que se podem desejar.

Ó meu Deus! Eu desejo e Vos peço o paraíso, não tanto para Vos gozar, como para Vos amar.

Suplico-Vos, para glória de vossa misericórdia, fazei que os bem aventurados vejam abrasado em vosso amor um pecador que tantas vezes Vos ofendeu.

Tomo a resolução de ser d’aqui por diante todo vosso e de não pensar senão em Vos amar.

Assiste-me com a vossa luz e a vossa graça, que me dê força para executar esta resolução que Vós mesmo pela vossa bondade me inspirais.

Ó Maria, vós que sois a Mãe da perseverança, impetrai-me a fidelidade em minha promessa.

.
.
Fonte: retirado do livro “Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório”. Tomo II.
I. 

.
*  *  *
.
.
Ligue para nossa Central de Orações e inclua suas intenções na Santa Missa das Graças.
.
.
Ligue agora para:

.
0800 774 7557
(grátis para todo o Brasil)
.

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Qual é o valor de uma Santa Missa para você? Leia Mais +
  • Como ser um bom católico – Dica 9: Não se deixe abater pelas quedas – Parte 1 Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade