Existe um lugar onde é possível alcançar a felicidade perfeita, veja: (Parte II)

No céu não somente nada há que desagrade, mas encontra-se tudo quanto se possa desejar.


.

Continuação do post anterior… http://www.aascj.org.br/home/?p=37297
.
Totum est quod velis.
No céu não somente nada há que desagrade, mas encontra-se tudo quanto se possa desejar.

Ali tudo é novo e saciará os nossos desejos: Ecce nova facio omnia – Eis que faço novas todas as coisas.

Os olhos se deslumbrarão com a vista daquela cidade, cuja beleza é perfeita.

Que maravilha não nos causaria a vista de uma cidade cujas ruas fossem calçadas de cristal, cujas casas fossem palácios de prata, ornados em cimalhas de ouro e de festões de flores.

Oh, quanto mais bela ainda é a cidade celeste!

Que delicioso não será ver todos os seus habitantes vestidos com pompa real, porque todos efetivamente são reais, como os chama Santo Agostinho: Quot cives, tot reges!

Que será o ver a Maria, que aparecerá mais bela que todo o paraíso! Que será o ver o Cordeiro Divino.

Um dia Santa Teresa viu apenas uma mão de Cristo, e ficou arrebatada em êxtase é vista de tão grande beleza.

Os perfumes suavíssimos e incomparáveis do paraíso regalarão o olfato. O ouvido será deleitado pelas harmonias celestes.

Um anjo deixou um dia ouvir a São Francisco um único som da música celeste, e o Santo julgou morrer de contentamento.

O que não será ouvir todos os santos e todos os anjos cantarem em coro os louvores de Deus? In saecula saeculorum laudabunt te – Eles te louvarão pelos séculos dos séculos.

O que não será ouvir Maria celebrar as glórias de Deus!

A voz de Maria, diz São Francisco de Sales, é no céu o que é num bosque a do rouxinol, que vence a de todas as aves. Numa palavra, o paraíso é a reunião de todos os gozos que se podem desejar.

Ó meu Deus! Eu desejo e Vos peço o paraíso, não tanto para Vos gozar, como para Vos amar.

Suplico-Vos, para glória de vossa misericórdia, fazei que os bem aventurados vejam abrasado em vosso amor um pecador que tantas vezes Vos ofendeu.

Tomo a resolução de ser d’aqui por diante todo vosso e de não pensar senão em Vos amar.

Assiste-me com a vossa luz e a vossa graça, que me dê força para executar esta resolução que Vós mesmo pela vossa bondade me inspirais.

Ó Maria, vós que sois a Mãe da perseverança, impetrai-me a fidelidade em minha promessa.

.
.
Fonte: retirado do livro “Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório”. Tomo II.
I. 

.
*  *  *
.
.
Ligue para nossa Central de Orações e inclua suas intenções na Santa Missa das Graças.
.
.
Ligue agora para:

.
0800 774 7557
(grátis para todo o Brasil)
.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também gostará der ler...

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

Mais Postagens

contatos

Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

CENTRAL DE MISSAS

Inclua seus pedidos
É Grátis!

0800 608 2126