Feliz Natal! Hoje é dia de celebrar o Nascimento de Nosso Senhor Jesus

.

Quando Maria Santíssima entrou na gruta, pôs-se logo em oração..

De súbito vê logo uma refulgente luz, sente no coração um gozo celestial, abaixa os olhos e, ó Deus!.

Que vê? Vê já diante de si o Menino Jesus, tão belo e tão amável, que enleva os corações. Mas treme e chora, segundo a revelação feita a Santa Brígida, estende as mãozinhas para dar a entender que deseja que Maria o tome nos braços..

Maria, no auge de santa alegria, chama José: – Vem, ó José, disse ela, vem e vê, pois já nasceu o Filho de Deus.

Aproxima-se José, e vendo Jesus nascido, adora-o por entre uma torrente de doces lágrimas..

Em seguida, a santa Virgem, movida de compaixão maternal, levanta com respeito o amado Filho, e conforme a já citada revelação, faz por aquecê-lo com o calor seu rosto e do seu peito.

Tendo-o no colo, adora o divino Menino como seu Deus, beija-lhe os pés como a seu Rei, e beija-lhe o rosto como a seu Filho e procura depressa cobri-lo e envolvê-lo nas mantilhas..

Mas ai, como são ásperos e grosseiros os paninhos! Além disso, são frios e úmidos, e naquela gruta não há lume para aquentá-los..

Consideremos aqui os sentimentos que surgiram no coração de Maria, quando viu o Verbo divino reduzido por amor dos homens a tão extrema pobreza..

Contemplemos a devoção e a ternura que ela experimentou quando apertava o Filho de Deus, já feito seu filho, contra o coração..

Unamos nossos afetos ao de tão boa Mãe e roguemos a Deus Padre “que o novo nascimento do seu Unigênito feito homem, nos livre do antigo cativeiro, em que nos tem o jugo do pecado”.

.

Jesus nasceu!.

Jesus nasceu! Vinde, ó reis, príncipes e todos os homens da terra, vinde adorar o vosso Rei.

.

.

Mas quem é que se apresenta? …Ah, o Filho de Deus veio ao mundo, e o mundo não o quis conhecer.

Porém, se não vêm os homens, vêm ao menos os Anjos adorar o seu Senhor, e cantam jubilosos: Gloria in altissimis Deo, et in terra pax hominibus boné voluntatis – “Glória a Deus nas alturas, e na terra paz aos homens de boa vontade”..

Glória à divina Misericórdia, que, em vez de castigar os homens rebeldes, fez o próprio Deus tomar o castigo sobre si, e assim os salvou.

Glória à divina Sabedoria, que achou meio de satisfazer à Justiça, e ao mesmo tempo, de livrar os homens da morte merecida.

Glória ao divino Poder, que de um modo tão admirável venceu as forças do inferno.

Glória finalmente ao divino Amor, que induziu um Deus a fazer-se homem e a levar uma vida tão pobre, humilde e penosa..

– Meu irmão, unamos as nossas adorações às dos Anjos e digamos com a nossa Santa Madre Igreja:.

“Gloria in excelsis Deo! Glória a Deus nas alturas, e na terra paz aos homens de boa vontade.

Nós Vos louvamos, Vos bendizemos, Vos adoramos, Vos glorificamos. Graças Vos damos por vossa grande glória, Senhor Deus, Rei do Céu, Deus Pai todo-poderoso.

Ó Senhor, Filho unigênito de Deus, Jesus Cristo, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho do Pai: Vós, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.

Vós, que tirais os pecados do mundo, aceitai as nossas súplicas. Vós, que estais sentado à Mão direita do Pai, tende piedade de nós.

Porque só Vós, ó Jesus Cristo, sois Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, com o Santo Espírito, na glória de Deus Padre. Assim seja”..

Fonte: Retirado do livro “Meditações para todos os dias e festas do ano” de Santo Afonso de Ligório. Natal

.


 

Santa Missa de Natal

 

Que você e sua família tenham um abençoado Natal!

Uma resposta

  1. Qu o sublime e maravilhoso ver estampados nos rostinhos angelicais e ing nuos de todas as crian as e adolescentes do mundo, os lindos sorrisos de felicidades incontidas pelas satisfa es de ganharem os seus famosos brinquedos e presentes de papai Noel, os brinquedos do dia de Natal! Tradicional e alegremente, costuma-se festejar o Natal com muitas festas e muitas distribui es de presentes e brinquedos em todos os lugares do mundo. Poucas pessoas, por m, est o comprometidas ou procuram passar aos seus filhos que j entendem as coisas da vida, o verdadeiro, glorioso e maravilhoso significado deste dia. O dia do anivers rio do nascimento de Jesus Cristo, o nosso salvador e redentor, o nosso irm o e o nosso mestre do amor e do perd o. Portanto, comemora-se no Natal, n o somente a vinda de papai Noel para as crian as e adolescentes, mas tamb m, o dia do maior l der espiritual do mundo que pereceu crucificado em uma cruz para nos libertar dos pecados. Esta poca linda, dadivosa e maravilhosa de finais de anos, abrilhanta-nos com o seu imenso significado de amor e fraternidade pelos pr ximos, como nos ensinou o dono da festa, Jesus Cristo. Amar, confraternizar, perdoar s ofensas e s pessoas, partilhar com os mais necessitados, abra ar aos irm os de religi es diferentes, reunir em fam lias e fazer brotar os mais lindos e puros sorrisos dos rostos das crian as sadias e de todas as enfermas, estar celebrando com j bilo, o Natal do nosso amado e estimado menino Jesus. uma pena que t o esplendorosa manifesta o p blica de amor e comunh o com os pr ximos, n o possa ser eternizado e fazer parte constante de nossas rotinas e atitudes humanit rias. Seria maravilhoso se pud ssemos transformar todos os dias em Natal, para mantermos Jesus sempre presente em nossas mem rias e em nossos cora es, confraternizando-nos sempre que poss vel, com os nossos irm os menos favorecidos financeira e socialmente! Deus disse: Amai-vos uns aos outros! Algum tempo depois, mandou o seu nico filho para padecer e perecer por nossos pecados. E para celebrar o seu nascimento que comemoramos o Natal todos os anos. Jesus luz, paz, amor e acima de tudo, fonte de inspira o e de humildade. Ele quer que n s o festejemos, sim. Por m, quer mais ainda, que n s nos confraternizemos e levemos a sua luz solid ria e radiante de amor todas as pessoas necessitadas de bens espirituais e materiais no mundo inteiro. Que Deus e nosso senhor Jesus Cristo ilumine a todos do mundo inteiro neste Natal, com as luzes da sabedoria, da conc rdia, da humildade, da comunh o, da harmonia entre os povos e principalmente, do amor aos pr ximos sem distin o, para que todos tenhamos a oportunidade nica de sermos verdadeiramente felizes, n o s neste, como tamb m, em todos os dias de nossas vidas. Que tenhamos, todos, juntos aos nossos familiares, amigos e demais pessoas, um glorioso, saud vel, pr spero, harmonioso e insubstitu vel Natal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também gostará der ler...

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

Mais Postagens

contatos

Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

CENTRAL DE MISSAS

Inclua seus pedidos
É Grátis!

0800 608 2126