A Misericordiosa Prática do Sagrado Coração de Jesus! Entenda.

A Misericordiosa Prática do Sagrado Coração de Jesus! Entenda.

O Sagrado Coração de Jesus é que temos de mais precioso!

Pois é o símbolo da totalidade e profundidade do ser humano, nEle encontramos o desenvolver de toda uma vida.

Ele representa o Amor de Deus que, continuamente, transborda a Vossa misericórdia.

Jesus mostrou que o sofrimento é essencial para nos aproximarmos de Deus.

 “Querer amar a Deus sem sofrer por seu amor é ilusão.”
   Santa Margarida Maria Alacoque

Essa prática misericordiosa implica em sentir, mas não somente a nossa própria dor, mas também a do próximo. Assim como todos os Santos da Igreja, devemos abraçar o sofrimento e daquele a nossa frente.

Ser solidário é ter em si o pressuposto para que aconteça a misericórdia. É uma aliança que nos aprofunda de de Deus.

O excessivo amor de Deus demonstra que ser solidário é essencial para viver a Fé. No momento em que o Coração de Jesus fora transpassado, ali foi partilhado com a humanidade a prova do Vosso sentimento por nós.

Uma outra prática misericordiosa que também fora ensinada por Jesus é a da caridade. Se importar com o próximo.

Na dor conseguimos escutar as palavras não pronunciadas do Amor Divino.

Algo que de fato aconteceu com Santa Margarida Maria Alacoque, que vê o Nosso Senhor como uma Torrente de Chamas que, sem dizer nada, conforta o seu coração e transmite alívio.

Todo cristão porta a imagem de Deus. O Amor expressa típica da misericórdia. Mas além da nossa dor para o do Coração de Jesus, que “sofre de amor pelo homens”, devemos nos lembrar que Ele também busca o consolo dos homens.

E todas as suas videntes, em especial Soror Consolata Betrone, compreendia a dor de Nosso Senhor.

Nossa Senhora também partilha dessa missão. Em Fátima, Ela tocou o coração de Francisco Marto, que passou a viver de orações, sacrifícios e mordificações, para consolar o Coração de Jesus.

O sofrimento é tão essencial para viver o Amor da Deus, dizia Santa Margarida Maria Alacoque.

Além disso, em suas cartas, ela mesmo diz que

“Este Coração é um abismo que encerra todos os bens e é preciso que os pobres Lhe confiem todas as suas necessidades”, portanto, por Ele sofremos e nEle encontraremos o conforto.

Nas aparições de Jesus a Santa Faustina, Nosso Senhor exige dela o sofrimento, tanto o físico, quanto mental. “Quanto mais vir a amar o sofrimento, minha filha, mais puro será seu amor por mim.”

Santo Agostinho de Hipona também refere-se sobre o sofrimento que nada mais são que Provações de Deus. 

“Nos oferecem uma chance de reparar nossas falhas e pecados passados. Em tais ocasiões o Senhor vem a nós como um médico para curar as feridas deixadas pelos nossos pecados. A tribulação é o remédio divino”.

Segundo a vida de cada Santo da Igreja, os quais tiveram de sofrer e compreender a dor do próximo para alcançar a santidade, entendemos os pontos cruciais da “Prática Misericordiosa“.

Que nos fará ir de encontro ao Coração de Jesus.

Fonte:  Diário de Santa Faustina

****

Quer se aproximar mais da devoção ao Coração de Jesus?

Clique aqui e faça parte da nossa comunidade no Telegram.

Ao cadastrar-se na nossa comunidade, o seu nome será lembrado na próxima Santa Missa que vamos mandar celebrar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também gostará der ler...

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

Mais Postagens

contatos

Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

CENTRAL DE MISSAS

Inclua seus pedidos
É Grátis!

0800 608 2126