Voltar à página inicial

Minha Oferta ao Sagrado Coração de Jesus

Facebook Youtube SoundCloud Instagram

Quem é “grande consoladora dos sofrimentos humanos” no mundo? Veja aqui!

Praça de São Pedro (Vaticano) Berço da Igreja

Praça de São Pedro (Vaticano)

Mons. de Ségur

.
De como Jesus Cristo vem a nós e nos consola por sua Igreja


Assim como para transmitir-nos a luz da Fé, serve-se Jesus Cristo de Sua Igreja;

Assim também por intermédio dela, comunica-nos admiráveis consolações.

Enviada de Jesus Cristo, é a Igreja a grande consoladora dos sofrimentos humanos.

Importa que nos atiremos em seu regaço amoroso, se quisermos encontrar o bálsamo
das consolações.

Para não ir mais longe, eis já uma consolação:

Os tesouros da verdadeira Fé, que nos dão absoluta certeza das tão suaves quão consoladoras verdades da Religião.

A Igreja e a Fé nos ensinam infalivelmente que, se sofrermos santamente neste mundo, teremos no Céu magnífica e eterna felicidade;

E que todas as nossas transitórias tribulações muito pouco valem, comparadas com o cúmulo da eterna glória, que a mesma Igreja nos prepara no Paraíso.


A Igreja e a Fé descerram o véu do mistério do sofrimento, e para logo tudo muda de aspecto:

O que era horrível, passa a ser tolerável e até mesmo apetecedor; o amor de Jesus Cristo transmuda os espinhos em rosas, o travo em doçura.


A Igreja nos consola ensinando-nos a orar, a estreitar a união com nosso salvador;

A haurir d’Ele, como em inesgotável fonte, a água refrigerante da consolação de da paz.

A Igreja consola-nos, fazendo-nos manusear os Santos Evangelhos, e ensinando-nos a saborear o maná escondido nas palavras e ações de Jesus Cristo.

De feito, como o crucifixo, assim também o Evangelho é o livro das consolações divinas.


A Igreja consola-nos fazendo mais ainda: dá-nos o próprio Jesus Cristo, sim, Jesus presente e velado na Eucaristia.

Consola-nos, dando o Consolador em pessoa.


Na verdade, a Igreja continuamente possui a Jesus, que está conosco, e, por amor de nós, desce quotidianamente ao altar nas mãos do sacerdote.

A Igreja, por intermédio de seus ministros, dá Jesus Cristo a quantos o pedem.

Consola-nos, outrossim, a Igreja com todas as ações, que em prol de nossa felicidade, praticam os sacerdotes:

Por intermédio deles, faz-nos ela ouvir, nas horas de tribulação e de lágrimas, palavras que do Céu vêm e para lá conduzem.

Por intermédio deles, ela já perdoa-nos os pecados e restitui-nos a paz de coração e as alegrias da consciência;

Já nos cumula de benefícios, reavivando-nos a esperança, alentando-nos a coragem, aligeirando nossos infortúnios, sem excetuar nenhum sequer.


Consolação na hora da morte.


Por último, no transe supremo da morte, a Igreja e só a Igreja, vem, tão suave como eficazmente, prestar-nos caridosa consolação.

“Senhor, dizia ao caritativo sacerdote que o estava assistindo, um homem de elevada hierarquia, que até ali fora indiferente a religião;

Senhor, calorosamente agradeço o terdes sido instrumento das divinas misericórdias para comigo.

Se morro em paz, fiando da bondade divina, à vossa intervenção o devo”.


Durante o cerco de Paris pelos prussianos, um voluntário, oficial subalterno, membro de família abastada e nobre, fora mortalmente ferido nas planícies de Bougival.

Aguardando o momento de comparecer perante Deus, jazia ele, deitado de costas, com as mãos juntas, nadando em sangue, e crivado de feridas.

Quis a providência que estivesse ali por perto um capelão do exército, o qual acudiu os gemidos do mísero ferido.


“Meu padre, disse-lhe este, depois de haver declarado seu nome e a moradia de sua família, confessei-me ontem, morro em estado de graça.

Dizei à minha família que morro contente, porque sou cristão e cumpri meu dever”.


Não voltei o rosto ao meu inimigo.

No meu corpo ali estão onze balas. Consolai minha mãe.

Parto a ter com o Deus das Misericórdias” e adormeceu no Senhor;


E a Igreja, pelas mãos do Padre, fechou-lhe os olhos.


Tal é a benfazeja missão da Igreja.

Separar-nos da Igreja, incutir-nos medo, ódio, ou, ao menos, esquecimento dela, é a traça costumeira do demônio.

O miserável almeja despenhar-nos consigo na desesperação, assim como nos despenhou no pecado e no castigo do pecado, que vem a ser o sofrimento.


Quer deserdar-nos  do amor da Igreja, porque bem sabe que Jesus Cristo está na Igreja, do mesmo modo que a vida está no vivente, e o fogo, na brasa.
E ele não quer que Jesus Cristo nos salve, se uma conosco, nos santifique e console.


E o fidagal inimigo d’Ele e nosso; releva que o não escutemos, e com respeito, ternura e confiança procuremos o regaço maternal da Igreja.

É a consoladora do mundo despenhado na culpa.

.
Fonte:  “Os que sofrem consolações” – Mons. de Ségur.

.
.

*   *   *

.

Inscreva todos os seus pedidos direto no livro de Missas.

Clique na imagem abaixo e veja como é fácil, você poderá pedir por todas as graças e bênçãos que precisar.

.
.
botao_05.
.

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
Os comentários estão fechados.

Você também gostará der ler...

GRÁTIS.
Coloque seu e-mail abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Um dos maiores Santos de todos os tempos: conheça a história e os milagres do Santo Padre Pio, celebrado hoje! Leia Mais +
  • Verdades que o Católico não pode esquecer: a Impureza e o Orgulho na origem da Revolução. Leia Mais +
  • A língua tem poder! Veja como a sua língua é poderosa e como usá-la para o bem: (Parte I) Leia Mais +
  • Como identificar uma pessoa verdadeiramente humilde? Aprenda com Nossa Senhora: Leia Mais +
  • Alerta importante! Leia Mais +
  • Marido e Esposa: autoridade idêntica na Família? (Parte II) Leia Mais +
  • Marido e Esposa: autoridade idêntica na Família? Leia Mais +
  • Vejamos a sabedoria de São Pedro Crisólogo e aprendamos com ele as três coisas “que mantêm a fé, dão firmeza à devoção e perseverança à virtude”: oração, misericórdia e jejum. Leia Mais +
  • São José tem um poder imenso para ajudar os necessitados. Confirme você também. Leia Mais +
  • Sinceridade absoluta na Confissão! Veja o quanto ela é importante, com esta história: Leia Mais +

Seu nome em mais de 60 Missas por ano

Clique aqui e saiba mais

Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Súplicas ao Coração de Jesus.
Ligue grátis de qualquer lugar do Brasil:

0800 774 7557

Política de Privacidade

Voltar aos Posts