A Eficácia da Água Benta contra os demônios (tentações)

A vida dos santos nos ensina a eficácia da água benta contra os demônios e contra as desordens que podem ocorrer na natureza, e que são causadas pelos pecados e pela malícia do demônio.
Santa Teresa de Avila
Santa Teresa de Avila

.
A vida dos santos nos ensina a eficácia da água benta contra os demônios e contra as desordens que podem ocorrer na natureza, e que são causadas pelos pecados e pela malícia do demônio. 


Ela nos torna cada vez mais seguros de vencermos em nossos combates espirituais.

Eu, quando o vi, ri-me e não tive medo. Estavam ali algumas irmãs comigo que não me podiam valer nem sabiam que remédio dar a tanto tormento.

É que eram grandes as pancadas que o demônio me fazia dar com o corpo e cabeça e braços, sem eu poder opor resistência e o pior era o desassossego interior, que, de nenhum modo, podia ter sossego.


Não ousava pedir água benta para não causar medo às irmãs e para que não entendessem o que era.


De muitas outras vezes tenho experiência que não há coisa de que eles fujam mais para não voltar.

Da cruz também fogem, mas voltam.

Deve ser grande a virtude da água benta e para mim é particular e muito conhecida a consolação que sente a minha alma quando a tomo.

É certo que o mais habitual é sentir uma consolação, que eu não a saberia dar a entender; é como um deleite interior que me conforta toda a alma.

Isto não é capricho, nem coisa que me tenha acontecido uma só vez, senão muitíssimas e visto com muita advertência.

Digamos que é como se alguém estivesse com muito calor e sede e bebesse um jarro de água fria, que parece todo ele sentiu refrigério. 

Considero eu que grande coisa é tudo o que está ordenado, pela Igreja e consolo-me muito de ver que tenham tanta força aquelas palavras que assim a comunicam à água, para que seja tão grande a diferença que faz da que não é benta.


Pois, como não cessasse o tormento, disse: se não se rissem, pediria água benta.


Trouxeram-ma e lançaram-na sobre mim e não surtiu efeito.

Lancei-a para onde estava o demônio e, no mesmo instante, ele se foi, e se me tirou todo o mal, como se com a mão mo tirassem.

Apenas fiquei cansada como se me tivessem dado muitas pancadas.

Fez-me grande proveito ver que, não sendo ainda dele uma alma e um corpo, lhes faz tanto mal quando o Senhor lhe dá licença, que será, pois, quando ele os possuir como coisa sua?

Deu-me de novo vontade de me livrar de tão ruim companhia.

Outra vez, ainda há pouco, aconteceu-me o mesmo, mas não durou tanto, e eu estava só.


Pedi água benta às que entraram depois de já eles se terem ido e sentiram um cheiro muito mau como de pedra de enxofre.


Eram duas freiras e é bem de crer que, por caso nenhum, diriam mentira.

Eu não o senti; durou de maneira a poder-se aperceber bem disto.

[…]Neste tempo também julguei, uma noite, que me estrangulavam.

As que estavam ali deitaram muita água benta, e vi uma grande multidão deles fugir como quem se vai despenhando.

São tantas as vezes que estes malditos me atormentam, e tão pouco o medo que eu lhes tenho, por ver que nem se podem mexer, se o Senhor lhes não dá licença, que cansaria a V Mercê e me cansaria a mim se eu lhas dissesse.

[…] Só direi isto que me aconteceu numa noite de Finados.

Estando eu num oratório, e tendo rezado um noturno e dizendo umas orações – que estão no fim do nosso Breviário e são muito devotas;


Se me pôs um demônio sobre o livro para que eu não acabasse a oração.

Eu benzi-me e ele desapareceu. Tornando eu a começar, voltou; creio que foram três vezes as que a comecei, e, enquanto lhe não deitei água benta, não pude acabar.

E, no mesmo instante, vi que saíram algumas almas do purgatório, às quais devia faltar pouco, e pensei que era isto o que o demônio pretendia estorvar.


Poucas vezes o tenho visto tomando forma corporal e muitas sem forma nenhuma, como na visão em que, sem forma, se vê claramente que está ali, como tenho dito.


Do Livro: A Vida de Santa Teresa D’Ávila
Fonte: Blog Almas Devotas

.
.
*  *  *

.

missa
Clique na Imagem e escreva seu nome na Missa

.
.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também gostará der ler...

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

Mais Postagens

contatos

Cadastre-se abaixo e receba orações, conselhos católicos e Mensagens de fé.
É GRÁTIS

CENTRAL DE MISSAS

Inclua seus pedidos
É Grátis!

0800 608 2126